fechar

Vacinas contra HPV para meninos serão feitas no próximo mês

por: Kethlin Meurer
Data: 06/01/2017 | 10:30
Foto: Divulgação.

O Ministério da Saúde anunciou nesta semana que meninos de 12 e 13 anos já podem receber a vacina contra o vírus HPV na rede pública de saúde.  A inclusão desse grupo foi anunciada em outubro do ano passado, mas apenas entrou em vigor neste mês. Contudo, em Venâncio Aires, a vacinação ainda não iniciou. A intenção é de que as vacinas comecem a ser aplicadas no começo do próximo mês.

De acordo com a técnica em enfermagem da Vigilância Epidemiológica de Venâncio, Cristiane Ferreira, a vacinação deve ocorrer ao longo de todo o ano. Em 2018, no entanto, as vacinas terão outro público-alvo, porque a previsão é de que sejam vacinados meninos com idades inferiores às desse ano.

Conforme informações do Portal G, estudos feitos em outros países que já adotaram a vacinação de meninos mostram que a inclusão dos meninos contribui para a diminuição do câncer de colo do útero e vulva das mulheres, já que isso possibilita a diminuição da circulação do vírus na população, o que beneficia o público feminino. Além disso, os próprios meninos serão beneficiados, já que a vacina protege contra câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais, problemas também relacionados ao vírus. A faixa etária dos meninos que podem receber a vacina será ampliada de forma gradual até 2020, quando ela estará disponível para garotos de 9 a 13 anos.

CAPACITAÇÃO DA EQUIPE
Cristiane ressalta que antes as doses eram apenas aplicadas em meninas e sempre que ocorre alguma alteração no calendário de vacinação ou quando surgem vacinas novas, a equipe passa por uma capacitação.

Como as doses contra HPV para meninos são novidade, para se prepararem melhor, os profissionais de vacinação irão participar de uma reunião na 13ª Coordenadoria Regional de Saúde que deve ocorrer na segunda quinzena deste mês. Segundo Cristiane, a vacinação ganhará mais destaque em março, quando o Ministério da Saúde fará a divulgação nos veículos de comunicação. 'Pretendemos fazer campanhas com as próprias escolas tentando engajar o pessoal da secretaria de Educação', comenta.

HPV
O HPV é um vírus que pode causar câncer do colo do útero e verrugas genitais. Ele é contagioso, e a transmissão ocorre, principalmente, pelo contato sexual.

Além da vacina, a prevenção contra esse tipo de câncer também envolve o exame Papanicolau que identifica possíveis lesões precursoras do câncer que, tratadas de forma precoce, evitam o desenvolvimento da doença.