fechar

Comunidade aproveita feira de saúde para esclarecer dúvidas e realizar exames e testes rápidos

Atividade também contou com a promoção de campanha que busca apoiar a doação de órgãos, esclarecendo dúvidas da comunidade sobre o assunto

por:
Data: 10/11/2018 | 18:37

Das 9h ao meio-dia deste sábado, 10, a Associação Médica de Venâncio Aires (Amva) com o apoio da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), realizaram, em frente ao Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), uma feira de saúde.

Durante a atividade, estudantes do curso técnico em Enfermagem da Unisc Venâncio Aires, sob a orientação dos professores, realizaram diversos exames e testes rápidos, além de verificação da pressão arterial, da comunidade presente. 

Foto: Taís Fortes / Folha do MateFeira de saúde ocorreu na frente do Hospital São Sebastião Mártir
Feira de saúde ocorreu na frente do Hospital São Sebastião Mártir

Profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros, também aproveitaram a feira para ralizar uma campanha que busca apoiar a doação de órgãos, utilizando o momento para esclarecer dúvidas e mitos a respeito do assunto. Além disso, pessoas que tivessem interesse podiam assistir a um vídeo, de pouco mais de um minuto, que tinha como objetivo fazer uma reflexão sobre sobre a quantidade de pessoas que estão aguardando para receber um transplante. 

Foto: Taís Fortes / Folha do MateEstudantes do técnico em Enfermagem da Unisc Venâncio, sob orientação dos professores realizaram verificações de pressão arterial
Estudantes do técnico em Enfermagem da Unisc Venâncio, sob orientação dos professores, realizaram verificações de pressão arterial

Moradores de Farroupilha, o casal Cristina Lappe e Ronaldo Martins Rodrigues, aproveitaram o passeio a Venâncio Aires para participar da feira. Acompanhados da mãe de Cristina, Maria Elila Lappe, que reside na Capital Nacional do Chimarrão, e da sobrinha Vicktória Lappe, eles relataram que a ação foi importante para sanar dúvidas e trazer conhecimento. Cristina também comenta que a doação de órgãos é muito importante, pois ajuda a prolongar a vida de alguém. 'A felicidade em receber, é a mesma em poder doar', destaca. 

Foto: Taís Fortes / Folha do MateVicktória, Ronaldo, Cristina e Maria acreditam que a feira foi uma oportunidade de sanar dúvidas
Vicktória, Ronaldo, Cristina e Maria acreditam que a feira foi uma oportunidade de sanar dúvidas

Médico no HSSM, Guilherme Fürst, também esteve presente na feira de saúde, acompanhado do filho Davi Weber Fürst de 4 anos. Ele salienta que a doação é muito importante e ainda observa que a fila de espera para o transplante é muito grande.

Foto: Divulgação / Organização do evento Algumas das pessoas que já receberam transplante que prestigiaram a feira de saúde
Algumas das pessoas que já receberam transplante que prestigiaram a feira de saúde

A feira em números

Foram realizados: 

106 de HIV; 106 de hepatite C e 106 de sífilis 

202 testes de glicemia (glicose)

160 verificações de pressão arterial 

150 preservativos distribuídos 

Mais de 70 pessoas assistiram ao vídeo sobre a doação de órgãos