fechar

Centro capacitará voluntários para a prevenção ao suicídio em Venâncio Aires

por: Carolina Schmidt
Data: 04/11/2015 | 17:08


O Centro de Valorização da Vida (CVV), que atua na prevenção do suicídio, irá realizar curso em Venâncio Aires para pessoas que desejam atuar como voluntários na entidade.

As inscrições para a capacitação podem ser feitas pelo e-mail do posto localizado em Santa Cruz do Sul é santacruzdosul@cvv.org.br. Conforme a voluntária que faz parte do grupo de Santa Cruz Rosimeri Goulart, antes de iniciar a capacitação gratuita, será organizado uma reunião com os inscritos para definir as datas dos encontros que serão ministrados por pessoas que já atuam como voluntários e que são de diferentes profissões.

'Todos nós que trabalhamos de forma voluntária para o CVV, passamos por essa capacitação', destaca Rosimeri. Os voluntários estão em busca de um local para instalar um posto do CVV em Venâncio Aires.

O CVV
O Centro de Valorização da Vida (CVV) é uma das organizações não-governamentais (ONG) mais antigas do Brasil. Fundada em 1962 por um grupo de voluntários, foi reconhecida como entidade de utilidade pública federal pelo decreto lei nº 73.348 de 20 de dezembro de 1973. É associado ao 'Befrienders Worldwide' (http://www.befrienders.org/), entidade que congrega instituições de apoio emocional e prevenção do suicídio em todo o mundo. Em 2004 e 2005 fez parte do Grupo de Trabalho do Ministério da Saúde para definição da Estratégia Nacional para Prevenção do Suicídio.

Desde o dia 11 de setembro, está disponível o número 188 pelo período de 24h, todos os dias e feriados. A ligação é gratuita, pode ser feita de telefone móvel ou fixo e será enviada para qualquer posto do CVV que esteja disponível.O projeto é pioneiro e vale, somente, para as cidades do Rio Grande do Sul no momento.

A validação foi possível por meio de uma cooperação técnica com o Ministério da Saúde com as operadoras de telefonia. Os voluntários que atendem as ligações são profissionais de diferentes profissões que irão ouvir e aconselhar as pessoas que buscam auxílio pelo telefone. Além do 188 e do e-mail citado acima, o CVV também via chat pela internet (www.cvv.org.br), correspondência ou de forma pessoal na sede em Santa Cruz das 16h30min até as 20h30min. Anteriormente, funcionava o número 144 que não era gratuito.

 'Precisamos de mais voluntários que ouçam e auxiliem as pessoas',

Rosimeri Goulart, voluntária do CVV