fechar

Produção de Oliveiras começa a ganhar espaço em Vale Verde

por: Claudio Froemming
Data: 13/06/2017 | 09:14
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateSecretário de Agricultura Jorge Ribeiro, prefeito Carlos Gustavo Schuch e o casal Simone e Airton da Rosa dos Santos conferindo a plantação de oliveiras
Secretário de Agricultura Jorge Ribeiro, prefeito Carlos Gustavo Schuch e o casal Simone e Airton da Rosa dos Santos conferindo a plantação de oliveiras
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateFolhas da Oliveira serão usadas para produção de chá
Folhas da Oliveira serão usadas para produção de chá

O casal porto-alegrense Airton da Rosa dos Santos e Simone Ayres visitam Vale Verde com frequência, pois Airton é filho do casal Nelson Guaíba dos Santos e Miracy, que possuem uma propriedade na localidade de Dourados. Então surgiu a ideia de produzir alguma cultura que oferecesse uma nova fonte de renda e que os aproximasse, ainda mais.
Sendo assim Nelson e Miracy emprestaram uma área de terras para que os dois iniciassem uma produção de oliveiras, que aconteceu há dois anos, onde 1.120 mudas foram plantadas. Conforme relatou Simone, a colheita das azeitonas deve iniciar em dois ou três anos, momento em que o casal pretende ampliar ainda mais a produção. Relatou também que a ideia de iniciar a cultura da oliveira foi do seu marido e do sogro, que se interessaram e pesquisaram sobre o assunto.
Airton Santos explicou que o investimento inicial foi de R$ 20 mil e que a produção será toda orgânica. 'Ainda não sabemos como faremos com a questão da extração do azeite, pois queremos um extra virgem, e para tanto, precisamos que isso seja feito em no máximo 6 horas'. Sendo assim o casal está pensando em fazer uma parceria com a empresa que lhes vendeu as mudas, onde eles extraem o produto, engarrafam e colocam um selo da composição química.
Em troca passam a ter direito sobre 30% da produção, ficando para o casal apenas colocar o rótulo próprio, que será de Vale Verde. Simone destacou que se chegarem a quantia de pelo menos 10 hectares plantados, já se torna viável a compra de uma extratora de azeite.
Parceria - O casal não descarta também a possibilidade de fazer uma parceria com Cláudio Sperb Ruschel e sua filha Cláudia de Britto Velho Ruschel que iniciaram uma produção na localidade de Cerro da Cria com o plantio de uma hectare em 2012. Em 2013, foram plantados mais dois hectares e atualmente estão com 900 mudas em três hectares.
'Pretendemos fazer a extração do óleo na propriedade e Já estamos com o equipamento para isso, o qual foi desenvolvido pelo meu pai, que é engenheiro, e é um equipamento que faz o processo em etapas. Este ano tivemos uma produção ainda muito pequena, mas esperamos que nos próximos dois anos, possamos embalar azeite com rótulo de Vale Verde', destacou Claudia, que também não descarta uma parceria.
Produção de chá - Além da extração do azeite de oliva o casal também irá produzir chá das folhas da oliveira, onde sempre que houver uma poda das árvores, as folhas serão secadas e transformadas em extrato e chás. 'Tanto um como outro são muito usados para artrite, artrose e reumatismo, entre outros. Fiz um curso do SENAR de plantas medicinais, e portanto, vamos disponibilizar a venda para consumidores individuais como para varejistas', enfatizou Simone.
O prefeito Carlos Gustavo Schuch e o Secretário de Agricultura, Jorge Ribeiro, estiveram conhecendo a propriedade no mês passado, e demonstraram apoio à iniciativa. 'É a segunda propriedade rural de Vale Verde que está apostando na oliveira, fato que nos deixa muito felizes, pois temos total interesse em incentivar a diversificação de culturas, principalmente as que trazem saúde à população', destacou o prefeito.
A administração municipal já auxiliou o casal com o transporte da adubação orgânica do fornecedor até a propriedade, e deverá contribuir com um trabalho de melhoria nos acessos. A EMATER do município também prestou ajuda com auxílio técnico.