fechar

Presidente da Câmara de Passo do Sobrado recebe vereador de Vale Verde para tratar de criação de Comarca

por: Claudio Froemming
Data: 18/09/2017 | 22:42
Foto: Claudio Froemming / divulgação: suplente de vereador, Antonio Nunes de Vale Verde iniciou as tratativas com o presidente da Câmara de Passo do Sobrado Selmo Fagundes
: suplente de vereador, Antonio Nunes de Vale Verde iniciou as tratativas com o presidente da Câmara de Passo do Sobrado Selmo Fagundes

Na tarde da quinta-feira, dia 14, o vereador Antonio Nunes (Guga) do PDT de Vale Verde, esteve na Câmara de Vereadores de Passo do Sobrado, para tratar com o presidente da casa, Selmo Fagundes (PT) sobre a criação de uma comarca e consequentemente instalação de Fórum de Justiça, Registro de Imóveis, Registro Civil e Tabelionato para atendimento exclusivo dos dois municípios.
Atualmente Vale Verde depende de General Câmara para obter suas demandas relacionadas a este assunto e Passo do Sobrado em partes também. O vereador Antonio Nunes destacou que os dois municípios juntos atendem a todos os requisitos como a questão populacional e geográfica, extensão territorial e financeira.
Explicou que o primeiro passo, para solicitar a criação de uma comarca nova, é colocar no papel todas essas informações na forma de um projeto e após mobilizar população, Legislativo e Prefeitura de ambos os municípios.
Os vereadores Vinicius Bartz (PDT), Elisio Machado (PP), e Celina Fagundes (PMDB) também foram informados da reunião e se mostraram a favor do projeto do suplente de vereador de Vale Verde. Foi questionado pelos parlamentares de Passo do Sobrado sobre onde seria a sede do Fórum, oportunidade em que Guga sugeriu o seguinte: 'Para não entrar em questão bairrista e não correr o risco de gerar polêmica ou guerra de egos, que cada município ponha no papel, o que se tem a oferecer para receber a sede do fórum e levar até o judiciário, e este através de análise independente poderá decidir pelo melhor".
O presidente Selmo Fagundes disse ter gostado da sugestão e afirmou que em qualquer hipótese sobre a localização da sede, os dois municípios sairão ganhando. Também propôs uma reunião entre as casas legislativas de Vale Verde e Passo do Sobrado para debater um plano de ação com vistas a alcançar este objetivo.
Ao final do encontro ficou combinado entre as partes de prosseguir com os debates e ir aprofundando a ideia, além de trazer mais pessoas do Legislativo, Executivo e comunidade para reforçar o apelo em prol desta causa.