fechar

Presidente da Câmara de Passo do Sobrado anuncia devolução de R$ 130 mil ao Executivo

por: Claudio Froemming
Data: 22/12/2017 | 14:08
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateFagundes: 'As economias feitas neste mandato, hoje estão sendo bem aplicadas no fechamento das contas do governo'
Fagundes: 'As economias feitas neste mandato, hoje estão sendo bem aplicadas no fechamento das contas do governo'

O vereador e presidente do Legislativo Selmo Baierle Fagundes (PT) fez uma avaliação positiva de seu mandato onde anunciou uma devolução de aproximadamente R$ 130 mil ao Executivo. 'Fico feliz em poder repassar este valor para a Prefeitura e assim sanar e finalizar o ano com tranquilidade, com os salários dos servidores em dia e contratos pagos, entre outros', destacou o presidente.
Lamenta apenas não ter realizado uma das etapas do prédio da câmara que está em fase de construção, por questões burocráticas. Apresentou números da sua gestão, onde foram apreciados, votados e aprovados 97 projetos de lei, encaminhados 25 pedidos de informações, 82 de indicação e duas moções.
Dentre os projetos discutidos na Câmara Selmo Baierle lembrou que alguns causaram polêmica, como foi o caso do projeto que tratava sobre a AMAPASSO, que ficou na pauta em discussão por dias e acabou sendo retirado pelo Executivo. Também houve polêmica no pedido de informação referente ao asfalto realizado na localidade de Rincão de Nossa Senhora.
Citou uma verba recebida através do Ministério do Turismo para realização de um filme 'O Passo', onde por diversas sessões foi abordada a forma em que foi destinada, distribuída e direcionada para que fosse realizado. Chegou a ser comparado ao filme da cidade vizinha de Vale Verde, que teve um custo significativamente inferior.
Destacou a criação do projeto que criou o Líder de Governo na Câmara e o pedido de indicação que sugeriu firmar convênio entre Daer e Município, para efetuar roçadas na ERS 405, 'às quais foram feitas com êxito', afirmou ele.
Em seu mandato o presidente chamou o primeiro servidor concursado da Câmara, que assumiu o cargo de assistente administrativo, permanecendo por cinco meses e que acabou pedindo exoneração do cargo após ser chamado em novo concurso em outro município.
'Deixo um agradecimento a todos servidores da Câmara, sendo a Bruna Linke, Liana Toillier, Célio Hanemann, Lucas Raenck e em especial à Ana Caroline Sebben, diretora administrativa, além dos vereadores', finalizou Selmo Baierle Fagundes.