fechar

Prefeitura de Vale Verde e remanescentes dos Mellos retornam ao local onde tudo começou

por: Claudio Froemming
Data: 17/07/2017 | 15:32
Fenachim
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateRepresentantes do executivo com remanescentes dos Mellos no local onde foi construída a primeira casa pelos antepassados
Representantes do executivo com remanescentes dos Mellos no local onde foi construída a primeira casa pelos antepassados

Na tarde da segunda-feira, dia 10, o prefeito Carlos Gustavo Schuch, a secretária de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, Rovena Dettenborn o jornalista Claudio Froemming e o professor Josinei Ricardo de Azeredo estiveram no Cerro da Cria com remanescentes do Mellos, para revisitar o local onde foi construída a primeira residência de Francisco de Mello e Albuquerque, que chegou na localidade em 1810.
O motivo da visita foi de mapear o local e construir uma placa indicativa com dados sobre a colonização portuguesa no Município e sua importância. Quatro descendentes dos Mellos foram até o local a convite da prefeitura, sendo: Luis, Nelson, Adálio e Adair de Mello e Albuquerque.
Eles não conseguiram identificar com precisão o local exato onde era a casa, mas sim, garantiram que era nas proximidades da atual residência de Claudio Sperb Ruschel, nas terras de Julio de Britto Velho ao lado da linha férrea e próximo à uma sanga que cruza a área.
Eles contaram que esta casa construída a mais de 200 anos era de madeira rústica tirada das matas, colada com barro e a porta era feita de couro de boi. Na época Francisco era o único dono de uma área imensa, que ia até o Cerro do Chileno, Alto Vila Mellos, Cerro dos Claudio e Arroio Taquari Mirim.
Conforme Froemming e Azeredo que estão escrevendo um livro sobre a história e os principais fatos que marcaram Vale Verde, na oportunidade foi feita uma foto que irá ilustrar uma das páginas da obra, a qual contará um pouco da chegada dos Mellos e sua herança deixada ao longo destes 207 anos.