fechar

Manifestantes encerram paralisação em Vale Verde e avaliam o movimento

por: Claudio Froemming
Data: 30/05/2018 | 18:37
Fenachim
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateCoordenadores da manifestação lamentaram que o objetivo não foi alcançado mas estão satisfeitos por terem feito sua parte
Coordenadores da manifestação lamentaram que o objetivo não foi alcançado mas estão satisfeitos por terem feito sua parte

A coordenação do movimento que vinha bloqueando parcialmente o trânsito na ERS 405 no trevo de acesso a Vale Verde desde a terça-feira, dia 22, confirmou que deixou o local na noite da terça-feira, 29. Foram oito dias de paralisação de caminhões, máquinas e automóveis em prol do movimento nacional dos caminhoneiros.


O idealizador e um dos coordenadores do movimento no município, Alissandro da Silva Jardim explicou que o grupo optou por parar com a paralisação por entender que quase não circulavam mais veículos pela rodovia. 'Estávamos em meio a duas paralisações, sendo uma em General Câmara e outra em Pinheiral, no trevo de acesso à rodovia 405, e portanto, não havia mais a necessidade de permanecermos aqui. Porém estamos dispostos a dar apoio a nossos vizinhos se o protesto tiver continuidade', afirmou Jardim.


Com relação à participação da comunidade no movimento o grupo de coordenadores disse que foi abaixo do esperado. 'Mesmo que tenhamos tido apoio de dezenas de pessoas da comunidade na concentração e no bloqueio, eram sempre os mesmos, e isso nos entristeceu um pouco. A causa não era só dos caminhoneiros, pois estávamos lutando por redução de preço em todos os combustíveis, gás, energia elétrica, contra a corrupção e o desgoverno', disse Alissandro Jardim em nome dos demais.