fechar

Cras de Vale Verde oferece aprendizado e melhora a convivência através de projetos sociais

por: Claudio Froemming
Data: 15/04/2017 | 12:00
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateGrupo dando asas atende pessoas com necessidades especais, oficinas com atividades de orientação  e técnicas  artesanais
Grupo dando asas atende pessoas com necessidades especais, oficinas com atividades de orientação e técnicas artesanais
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateProjeto aprender musica conta com oficina oferecida para crianças e adolescentes com atividades e instrumentos musicais
Projeto aprender musica conta com oficina oferecida para crianças e adolescentes com atividades e instrumentos musicais

O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) atua no Município desde 2011, sendo que tem como principal objetivo fortalecer os vínculos familiares e comunitários das famílias. Além do atendimento individual, familiar, são desenvolvidas, a partir das demandas locais, ações coletivas como palestras e campanhas educativas, cursos, grupos de convivência e oficinas.
Conforme a assistente social Débora Redin, além dos atendimentos diários que são oferecidos no acompanhamento ao Programa de Atendimento Integral à Família (PAIF), com atendimentos individuais, familiares, visitas domiciliares, reuniões, encontros de grupos, o CRAS conta ainda com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que oferece oficinas semanais para crianças, adolescentes, idosos e PCDs além de mulheres.
Conforme a coordenadora Jucimar Dutra, dentro do planejamento elaborado para este ano, várias atividades estão previstas, visando fortalecer e ampliar a participação dos usuários nos programas existentes. Nestas programações estão incluídos os trabalhos já iniciados e em desenvolvimento que são:
Idosos: Bem Viver Idosos, Raio de Sol: Objetiva o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, prevenindo o isolamento dos idosos, proporcionando a ampliação e defesa de direitos, a autonomia e o protagonismo das pessoas idosas, assim como oficina de atividades recreativas e físicas. Conforme Jucimar existe a previsão de retornar às atividades com os grupos Turma Alegre de Buraco Fundo e Nossa Senhora Aparecida do Potreirinho.
Grupos de convivência e fortalecimento de vínculos: Conta com o grupo Bem Viver, Nossa Senhora do Rosário e Grupo Treze de Junho. Tem como objetivo integrar as mulheres em atividades físicas, visando a convivência comunitária, recreativa de fortalecimento de vínculos e convivência social.
Grupos de convivência e fortalecimento de vínculos - Mãos que Criam: o objetivo é de integrar as mulheres, jovens e adolescentes em atividades com técnicas de artesanato, incentivar habilidades manuais estimulando assim a sua criatividade, fortalecendo a convivência e os vínculos sociais, troca de experiências com interação pessoal, afastando-os da situação de riscos, melhorando sua saúde mental e física. Segundo a coordenadora do CRAS existe previsão de ampliação para a comunidade de Potreirinho.
Projeto aprender recreação: Consiste em oficinas oferecidas para crianças e adolescentes, com atividades lúdicas, recreativas, esportivas e artesanais.
Projeto aprender musica: Oficina oferecida para crianças e adolescentes, com atividades, instrumentos musicais com práticas musicais, de violão, teclado e escaleta, intercalados com atividades lúdicas e recreativas com convivência social e fortalecimento de vínculo.
Projeto aprender 'entre no mundo da música': conta com crianças de 03 a 6 anos, e atividades de integração social e ludicidade musical. O objetivo das oficinas com crianças e adolescentes é fortalecimento de vínculos e convivência social/ familiar a fim de estimular a sua criatividade e interação pessoal, afastando-os da situação de riscos.
Grupo dando asas: Pessoas com necessidades especais: oficinas com atividades de orientação e técnicas artesanais: Objetivo é de valorização da vida, visando a convivência social saudável com sua comunidade e família, promoção da saúde e prevenção dos riscos sociais, estimulando a autoestima, a autonomia, a criticidade e o desenvolvimento pessoal cognitivo.
A coordenadora do CRAS enfatiza ainda que durante o mês de abril foram realizadas diversas atividades em homenagem a páscoa, além das atividades artesanais com os grupos, foi oferecida oficina de chocolate com as crianças e adolescentes do Projeto Aprender, onde eles mesmos confeccionam e manipulam os chocolates para compor o ninho de pascoa elaborado por eles também.
Concluiu dizendo que o Cadastramento Único para programas sociais, inclusive o Bolsa Família tem funcionamento dentro da unidade do CRAS, com atendimentos semanais de segunda a quarta-feira.