fechar

Câmara de Vereadores de Passo do Sobrado realiza sessão solene para marcar os 27 anos do município

por: Claudio Froemming
Data: 28/03/2019 | 22:15
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateAluno da escola Alexandrino de Alencar, Matheus Moraes encantou a todos com uma canção de sua autoria
Aluno da escola Alexandrino de Alencar, Matheus Moraes encantou a todos com uma canção de sua autoria
Foto: Claudio Froemming / Folha do MatePresidente do Legislativo Elisio Machado com os doadores do quadro, José Wilmar Kaufmann Gilberto Daniel Weber e Claudete Terezinha Silva
Presidente do Legislativo Elisio Machado com os doadores do quadro, José Wilmar Kaufmann Gilberto Daniel Weber e Claudete Terezinha Silva
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateTodos os ex-prefeitos do município estiveram presentes na sessão solene
Todos os ex-prefeitos do município estiveram presentes na sessão solene
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateSoberanas do município participaram da sessão solene
Soberanas do município participaram da sessão solene

Na noite da última segunda-feira, 25, o Legislativo Municipal realizou uma sessão solene para marcar os 27 anos de emancipação político-administrativa do município, evento que ocorreu logo após a sessão ordinária. O cerimonial apresentado por Bruna Baierle iniciou com um resgate da história do município, e logo após, foi apresentado o quadro com a imagem feita em grafite, que ficará nas dependências da Câmara.

A obra foi idealizada e financiada por um grupo de três amigos, Gilberto Daniel Weber, José Wilmar Kaufmann e Claudete Terezinha Silva Nunes, que costumavam almoçar juntos no Restaurante Kappel, onde tratavam dos mais variados assuntos, sendo que um deles passou a ser mais frequente, e era sobre o sobrado que ficava às margens de uma estrada e um arroio, e que deu o nome de Passo do Sobrado ao município.

O local sabia-se onde ficava, mas da construção em si, restaram apenas pequenas informações, transmitidas oralmente pelos descendentes dos moradores mais antigos. A maior dificuldade foi retratar a construção, a geografia e a natureza da época, o que foi difícil, segundo eles, pois não existe nenhum registro conhecido, sequer a data aproximada em que este sobrado existiu. Supõe-se que seja ainda antes de 1900. Depois de algumas tentativas, durante cerca de um ano, o quadro ficou pronto e foi doado ao Legislativo.

'Foi a melhor forma que encontramos de retratar a passagem, o arroio, o sobrado e o local que deu origem ao nome do município. Esperamos ter contribuído com uma parte importante da história, e que esse quadro, possa estar sempre disponível a quem quiser entender, pesquisar ou simplesmente vislumbrar uma imagem que reflete a um passado distante', destacou Gilberto Weber.

O cerimonial também lembrou que já se passaram sete legislaturas, tendo seis prefeitos, sete vice-prefeitos; 23 presidentes de Câmara, 63 vereadores e com eles vários suplentes aos longo destes 27 anos de história. Todos os ex-prefeitos se fizeram presentes na sessão solene.

Vereadores líderes de bancadas fizeram uso da palavra e agradeceram a doação da obra de arte ao Legislativo bem como falaram da importância da emancipação e de quanto Passo do Sobrado cresceu e prosperou nesses 27 anos.

Na oportunidade o aluno da escola Alexandrino de Alencar, Matheus Moraes com sua gaita e acompanhado de Libório Wilges cantou uma música de sua autoria com parceria de Wilges, que fala dos recantos e encantos de Passo do Sobrado. Ao final o jovem foi aplaudido de pé pelos presentes que lotaram o recinto da Câmara.

PRESIDÊNCIA
O presidente da Câmara de Vereadores Elisio Machado (PP) disse que organizou a sessão solene por entender que a data não poderia passar em branco. 'Foi uma oportunidade para reunir, lembrar e parabenizar a todos que fizeram parte da nossa história. Aos membros da comissão emancipacionista, aos ex-prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e a todos que da sua maneira ajudaram a formar nosso município', destacou Machado. Ele também agradeceu imensamente ao grupo que produziu e doou o quadro com a imagem que era esperada por toda comunidade. 'Nosso mais sincero reconhecimento a estas pessoas. Vamos aproveitar e levar esta obra a vários locais, para que tosos tenham a oportunidade de visualizar a imagem aproximada de como era o local que deu nome a Passo do Sobrado', concluiu o presidente.