fechar

Bombeiros Voluntários de Passo do Sobrado são homenageados em Sessão Solene na Câmara Municipal

por: Claudio Froemming
Data: 06/07/2017 | 14:52
Foto: Claudio Froemming / Folha do MateBombeiros Voluntários foram homenageados e reconhecidos pelo trabalho humanitário que realizam em Passo do Sobrado
Bombeiros Voluntários foram homenageados e reconhecidos pelo trabalho humanitário que realizam em Passo do Sobrado
Foto: Claudio Froemming / Folha do MatePresidente Vilmar Schimuneck fez um discurso emocionado e foi aplaudido de pé
Presidente Vilmar Schimuneck fez um discurso emocionado e foi aplaudido de pé

Na noite da segunda-feira, dia 03, os Bombeiros Voluntários receberam uma homenagem da Câmara Municipal pela passagem dos 10 anos da entidade, pelo dia dos bombeiros e pelo trabalho voluntário e comprometido com o qual a entidade atende a comunidade.
A homenagem foi de iniciativa do presidente da Câmara, Selmo Baierle Fagundes, que também é voluntário, e foi apoiado pelos demais parlamentares. Todos foram unânimes em elogiar e reconhecer o trabalho eficiente que a associação faz no Município assim como os ex-prefeitos em seus pronunciamentos.
O diretor-presidente Vilmar José Schimuneck fez uso da palavra e de forma emocionada falou dos seus quatro anos consecutivos como presidente e do relacionamento com os colegas e a comunidade. Atualmente a associação conta com 23 bombeiros efetivos, com sede própria e veículo de combate a incêndio, outro de resgate com suporte básico de emergência e um veículo de apoio para ações realizadas pela corporação.
A Sessão contou com a presença de diversas personalidades políticas de Passo do Sobrado e região, como o atual prefeito Hélio de Olimpio de Queiroz, comandante da Brigada, Ivonei Mazzaro, presidente do Comude João Kroth e dos ex-prefeitos Caio Baierle, João Regert, Elto Dettenborn e Emir Rosa da Silva de Vale Verde, que também apoio a instituição no seu início. Estiveram presentes também o ex-presidente da câmara, Teonísio Lehmen, a chefe do escritório da Emater, Ana Claudia Mioto e diversas pessoas da comunidade.
História - A Associação Corpo de Bombeiros Voluntários de Passo do Sobrado foi fundada em 02 de julho de 2007, com base no Decreto Federal nº 66.862, de 08 de julho de 1970, sendo uma pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com tempo indeterminado e sede e foro na Avenida Alberto Jacobsen, 198.
A instituição surgiu da necessidade de se fazer frente às catástrofes enfrentadas pela comunidade, principalmente quando um incêndio consumiu o antigo prédio da Estação Rodoviária. Então um grupo de munícipes percebeu essa fragilidade e reuniu forças, e assim fundaram a entidade com o objetivo de preparar o Município para enfrentar as situações que poderiam fugir do controle do homem.
Seu Estatuto Social foi elaborado e aprovado pelos sócios bombeiros fundadores, onde ficou determinado em seu art. 1º se tratar de uma Sociedade Civil, com patrimônio e personalidade distinta, de caráter filantrópico e sem fins lucrativos, não distribuindo lucros ou dividendos aos seus associados.
Começaram as atividades operacionais com a aquisição de um caminhão da marca Volkswagen, através de parcerias com os poderes executivo e legislativo e também da comunidade, que se mobilizou arrecadando o valor para realizar a transformação do caminhão em um Auto Bomba Tanque (ABT) com capacidade de 7.000 litros de água.
A comunidade é a maior apoiadora da instituição e sempre que solicitada, auxilia de várias maneiras à corporação. Todos os atendimentos desenvolvidos pela corporação são totalmente gratuitos e o fundamento básico é a proteção e o salvamento dos bens e da vida do povo passo-sobradense e região.
Os atendimentos desenvolvidos pela instituição se resumem nas seguintes atividades: prevenção e extinção de incêndios; busca e salvamento; atendimento emergencial pré-hospitalar; resgate veicular; proteção ambiental; apoio aos sistemas municipal, regional e estadual de Defesa Civil; implantação, coordenação e treinamento de corporações similares e divulgação das atividades comunitárias e promoção do voluntariado.