fechar

Governo Federal lança programa para fornecer internet via satélite

Venâncio Aires assinou a documentação em cerimonia que contou com a presença do presidente Michel Temer

por: Cristiano Wildner
Data: 13/03/2018 | 08:00
Foto: Divulgação / DivulgaçãoWickert (da direita para a esquerda) segue de Brasília para São Paulo onde participa de compromissos envolvendo os consórcios públicos
Wickert (da direita para a esquerda) segue de Brasília para São Paulo onde participa de compromissos envolvendo os consórcios públicos

Foi lançado o programa Internet para Todos, que pretende levar acesso à banda larga para as mais diversas cidades. O evento foi realizado ontem, 12, em Brasília, e compareceram na cerimônia 2.471 prefeitos que assinaram o termo de adesão ao programa que oferecerá conexão à internet com preço reduzido.

O prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert (PSB), esteve no ato, já que o município foi um dos contemplados. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Nelsoir Battisti, informa que a intenção é reforçar os pontos públicos de internet tanto na cidade quanto no interior. 'Os pontos cadastrados - via GPS - junto ao Governo Federal contemplam principalmente os distritos de Venâncio, mas a cidade também será beneficiada', diz. É de responsabilidade do Município garantir área para instalação das torres e conexão elétrica.

Após a assinatura da adesão, a previsão é que os primeiros municípios beneficiados recebam a partir de maio as antenas que permitirão a conexão. A expectativa é que sejam instaladas 200 antenas por dia. O satélite, que está em órbita desde maio de 2017 e tem vida útil de 18 anos, recebeu R$ 3 bilhões em investimentos do Governo Federal.

Fronteiras

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, explicou que a conexão do satélite também atenderá os ministérios da Defesa, da Educação e da Saúde, que firmaram parceria com a pasta de tecnologia para monitorar o tráfico nas fronteiras brasileiras, levar internet banda larga a sete mil escolas públicas em 2018, além de implantar internet em hospitais e postos de saúde.

Mais recursos

O presidente da República, Michel Temer, também sancionou o projeto aprovado no Congresso Nacional que libera R$ 2 bilhões para os municípios desenvolverem ações nas áreas de educação, saúde e assistência social.