fechar

Confirmado: Governo do Estado vai parcelar salários

Vice-governador, José Paulo Cairoli, confirmou hoje parcelamento de salários

por: Giuliane Giovanaz
Data: 30/07/2015 | 16:37  Atualizado: 30/07/2015 | 17:54

 

O governo está desrespeitando o trabalhador com o parcelamento dos salários. Sem salário não há trabalho

Helenir Aguiar Schürer - Presidente do Cpers

Já que o governador José Ivo Sartori vai parcelar os salários de seus funcionários, mobilizações contrárias já estão previstas. Ao invés das repartições públicas, os servidores do Rio Grande do Sul devem ir para as ruas manifestar nesta sexta-feira, 31, quando Sartori deve dar explicações sobre a decisão. Conforme a assessoria de imprensa do Piratini, uma coletiva de imprensa para detalhar a forma de pagamento será realizada amanhã .

Além da manifestação de hoje, também haverá mobilização na próxima segunda-feira, 3 de agosto. Ao menos é o que ficou definido em reunião da Coordenação Unificada dos Servidores Públicos - composta por 40 entidades representativas do funcionalismo público estadual -, na última quarta-feira, 29, em Porto Alegre. 'O governo está desrespeitando o trabalhador com o parcelamento dos salários. Sem salário não há trabalho', destaca a presidente do Sindicato dos Professores e Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Sul (Cpers/Sindicato), Helenir Aguiar Schürer.

Foto: Cpers / SindicatoServidores públicos devem volta para a frente do Palácio Piratini hoje e na segunda-feira
Servidores públicos estiveram hoje na frente do Palácio Piratini protestando contra o parcelamento

Confira na edição desta sexta-feira, 30, a reportagem completa.