fechar

Venâncio teve um caso de golpe no auxílio-reclusão com prejuízo de R$ 20 mil

por: Carlos Dickow
Data: 20/11/2018 | 13:19

A Polícia Federal (PF) confirmou hoje que um caso de golpe no pagamento do benefício de auxílio-reclusão foi resgistrado em Venâncio Aires durante a atuação de uma quadrilha que tinha como base a Serra do Rio Grande do Sul. De acordo com informações da PF, na unidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi encaminhado um pagamento no valor de R$ 20 mil. A PF não informou a data da liberação do dinheiro nem maiores detalhes sobre como o processo foi conduzido. Como nos demais casos registrados no estado - mostrados em matéria do repórter Giovani Grizotti, do Fantástico, da Rede Globo, e do Jornal do Almoço, da RBS TV -, houve falsificação de documentos para a concretização do processo e consequente saque do valor.

Na região, de acordo com a Polícia Federal, também foram registrados fraudes e saques em Santa Cruz do Sul (quatro casos, com prejuízo de R$ 110 mil à Previdência), Candelária (um caso, com saque de R$ 6 mil), Estrela (um caso, com pagamento indevido de R$ 20 mil) e Taquari (dois casos, que deixaram prejuízo de R$ 45 mil ao INSS). Ontem, em entrevista à Folha do Mate, o gerente executivo do INSS em Santa Maria, Rodrigo Schneiders, afirmou que "os processos ainda estão em nível de Polícia Federal" e que assim que for orientado, o INSS será responsável pelas medidas administrativas em relação ao caso, "com verificação das fraudes e consequente corte do benefício, além da cobrança de tudo o que foi pago de forma irregular e equivocada".