fechar

Polícia e Receita Federal combatem o comércio clandestino de cigarros em Venâncio

Operação acontece em outros locais

por: Alvaro Pegoraro
Data: 05/11/2015 | 09:03

Agentes da Polícia e da Receita Federal, juntamente com profissionais da Procuradoria da Fazenda Nacional desencadeiam uma operação contra o comércio ilegal de cigarros em Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul. O trabalho também é desenvolvido nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Pará.

Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do MateAgentes estão em uma empresa no Distrito Industrial
Agentes estão em uma empresa no Distrito Industrial

Segundo informado pela Polícia Federal de Santa Cruz do Sul, mais de 200 policiais federais, 90 servidores da Receita Federal e quatro procuradores da Fazenda Nacional cumprem sete mandados de prisão, sete de condução coercitiva e 50 de busca, além da determinação judicial do sequestro/arresto de 59 imóveis, 47 veículos e contas bancárias, patrimônio que totaliza aproximadamente R$ 80 milhões.

Os investigados utilizavam empresas de fachada e laranjas para desviar tabaco para fábricas no Paraguai através de exportação irregular e retornava ao Brasil como cigarro industrializado contrabandeado.

Em Venâncio Aires, um dos grupos está em uma empresa do Distrito Industrial. Ninguém foi preso até o momento e os agentes buscam provas sobre o envolvimento no golpe.