fechar

Morador de rua se finge de morto para escapar de dupla que o agredia

Crime foi no centro de Venâncio Aires

por: Alvaro Pegoraro
Data: 06/09/2017 | 08:00

Polícia Civil tem a identificação das duas pessoas que agrediram um morador de rua, por volta das 18h30min da terça-feira, na rua Primeiro de Março, próximo ao prédio onde funciona o Centro de Atendimento a Doenças Infecto Contagiosas (Cadi). Claudir Carvalho, 37 anos, foi ferido com pauladas na cabeça e levou golpes com um espeto e só sobreviveu, pois se fingiu de morto.

Foto: Brigada Militar / Folha do MateCarvalho estava com mandado de prisão
Carvalho estava com mandado de prisão

Segundo apurado pelo delegado Vinícius Lourenço de Assunção, ele estava próximo ao Cadi quando flagrou os dois agressores que, supostamente, se preparavam para arrombar aquele prédio.

Com ferimentos graves na cabeça, o morador de rua foi socorrido pelo Samu e encaminhado ao Hospital São Sebastião Mártir. Enquanto era identificado, os brigadianos descobriram que contra ele havia um mandado de prisão, com pena de 2 anos e três meses, a ser cumprido em regime aberto.

Por isso, Carvalho foi encaminhado ao Presídio Regional de Santa Cruz do Sul. A agressão contra ele foi registrada como tentativa de homicídio. O delegado Vinícius adiantou que um dos agressores tem 17 anos.