fechar

Golpista age no comércio e utiliza registro de advogada

por: Carolina Schmidt
Data: 19/11/2015 | 07:50
Vivo

Um golpista age em Venâncio Aires e tem como alvo empresas da área do comércio para praticar estelionato. Ele se identifica como Júlio Almeida, diz ser um advogado que realiza cobranças de clientes que estão inadimplentes nas lojas e que traz resultado imediato. O homem age utilizando o registro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da advogada Rita Carolina Ellert com assinatura falsa.

Rita foi até a delegacia de polícia há poucos dias e registrou um boletim de ocorrência como vítima de falsa identidade. Ela conta que ficou sabendo do uso indevido do seu número da OAB na sexta-feira. Segundo ela, uma conhecida de sua sócia ligou para o escritório e questionou como descobrir se o registro de uma pessoa é legítimo ou válido. "Minha sócia pediu o número da OAB e disse que ia fazer a pesquisa. Neste momento, percebeu que o número do registro era o meu. Se não tivesse ocorrido essa ligação para o nosso escritória, não iríamos descobrir. Costumo dizer que coincidências não existem."

De acordo com a advogada, a partir da ligação foi possível descobrir que outros empresários sofreram com o golpe. Conforme relatos, o estelionatário apresentava um contrato, pedia um valor antecipado para realizar as cobranças e também os dados dos clientes. Após um período, os empresários ligavam para o homem que não atendia mais o telefone. O carro utilizado por ele era emprestado.

"Assim perceberam que era um golpe, porque não receberam o valor das cobranças." Além disso, ele repassava o endereço antigo do escritório de Rita, que era no prédio da Caciva, como sendo dele. "Quero alertar os empresários e lojistas sobre esse golpe e, de forma alguma, me promover. Também me preocupo que isso possa me trazer problemas futuros.", destaca Rita. Os estabelecimentos lesados, segundo ela, registram BO na delegacia por estelionato.

Ela também indica as pessoas a realizarem pesquisa no site da OAB quando terem desconfiança. "Quando alguém se aproximar dizendo ser advogado ou da área do Direito é recomendado fazer uma pesquisa para verificar o registro. Muitas vezes, pode ser falso ou já ter sido cassado. Geralmente, os golpistas são pessoas bem apresentadas e com lábia. Se esse golpista usa o registro de outra pessoa, pode fazer coisas piores." Quando o golpista for se apresentar com o nome de Júlio Almeida para empresas ou pessoas, a dica de Rita é solicitar dados dele e acionar a Polícia.


FALSA IDENTIDADE
O crime Falsa identidade, da qual Rita foi vítima, está no artigo 307 do Código Penal e significa: atribuir-se ou atribuir a terceiro falsa identidade para obter vantagem, em proveito próprio ou alheio, ou para causar dano a outrem. A pena é detenção de três meses a uma ano, ou multa se o fato não constitui elemento de crime mais grave.

É preciso alertar os empresários, pois quem pratica um golpe pode fazer algo pior
Rita Carolina Ellert, advogada

Manifestação de Rita Ellert em uma rede social

ALERTA
Tomei conhecimento na última sexta-feira que meu registro profissional (OAB/RS 85020) foi - está sendo - utilizado por um falsário, o qual se passa por um advogado de escritório de cobranças junto a empresas de nossa cidade. A identificação usada é 'Empresa A&A S/A' e alguém que se apresenta como sendo 'Júlio Almeida'. O meliante promete um serviço de cobrança, cobra por esse trabalho e, após, desaparece com dados cadastrais dos clientes dessas empresas, além de cobrar, por sua conta e 'embolsar' o dinheiro. Imaginem a minha indignação. Na minha concepção, atuar como advogada é ter integral boa-fé e honestidade. A relação com o cliente necessita ser de total confiança e de transparência. A reputação, além do resultado, depende disso. E, considerando o ocorrido, reitero meu compromisso profissional e minha repudia a tais atos fraudulentos. Informo que já realizei o devido registro policial e aguardo a investigação do caso. Portanto, deixo o aviso para que os empresários fiquem atentos ao serviço irregular e duvidoso de cobranças oferecido de forma milagrosa. Sempre que alguém se identificar como advogado, pesquise se o registro cadastral é verdadeiro, no site do OAB - RS, no link 'consulta de advogados > cadastro': http://servicos.oabrs.org.br:8081/?/default.jsp;jsessionid=? Por fim, caso haja alguma informação ou dúvida, entrem em contato comigo, com a Polícia ou com a OAB, para a tomada das providências cabíveis.