fechar

Venâncio Aires entra na Era do tratamento de esgoto

por: Carlos Dickow
Data: 12/08/2017 | 07:00

Eram 13h45min da tarde desta sexta-feira, 11, quando o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, e o prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert, descerraram a placa que será para sempre o marco do início do funcionamento da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro Morsch. Significa dizer que, brevemente, mil residências - ou três mil habitantes - serão beneficiadas com o serviço. Além disso, a expectativa é de que a curto prazo, 23 mil pessoas (cerca de 7,6 mil famílias) sejam atendidas.

Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do Mate Governador Sartori e prefeito Giovane Wickert, acompanhados pelas primeiras-damas Maria Helena e Cristiane, descerram a placa que marca a inauguração da estação de tratamento
Governador Sartori e prefeito Giovane Wickert, acompanhados pelas primeiras-damas Maria Helena e Cristiane, descerram a placa que marca a inauguração da estação de tratamento

Entre os equipamentos, edificações, redes coletoras e ramais prediais, o investimento da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) em Venâncio Aires se aproxima de R$ 32 milhões, valor que foi destacado pelo diretor de Expansão de Obras da estatal, Marcus Vinicius Caberlon. 'É somente a primeira etapa, contudo já teremos capacidade de tratar 40 litros por segundo e a ampliação ocorrerá de forma gradativa. É um dia especial para Venâncio Aires e para o Rio Grande do Sul', declarou o diretor da Corsan.

Saúde e qualidade de vida foram termos usados por todos que estavam no protocolo de inauguração da ETE. O secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira, afirmou que os investimentos em tratamento de esgoto são atos de coragem do governo, 'que acredita no futuro e está enfrentando os desafios'. Pereira anunciou ainda a retomada das obras da quadra poliesportiva da Escola Wolfram Metzler, para a alegria de alunos e professores que foram prestigiar a cerimônia. 'Enfim, o que estamos fazendo aqui é um poderoso investimento na vida, olhando sempre à frente', argumentou ele.

Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do Mate Governador assina autorização para o início de funcionamento da ETE, que inicialmente vai beneficiar aproximadamente três mil venâncio-airenses
Governador assina autorização para o início de funcionamento da ETE, que inicialmente vai beneficiar aproximadamente três mil venâncio-airenses

Giovane Wickert lembrou que em 2017 completam-se 10 anos do anúncio do Marco Regulatório do Saneamento Básico - Lei Federal número 11.445, que trata o conjunto de serviços de abastecimento público de água potável; coleta, tratamento e disposição adequada dos esgotos sanitários; drenagem e manejo das águas pluviais urbanas; e limpeza urbana e o manejo dos resíduos sólidos - e declarou que a sexta-feira, dia 11 de agosto, passou a ser 'um dia histórico para Venâncio Aires'. O prefeito disse ainda que a inauguração da ETE só foi possível 'pela bela integração entre Administração de Venâncio Aires, Governo do Estado e Corsan', acrescentando que Sartori e o diretor Cabrelon 'são homens de palavra e atitude'.

Venâncio Aires é um dos 20 municípios do Rio Grande do Sul que mantêm o Fundo de Gestão Compartilhada com a Corsan e está entre as 11 cidades gaúchas com aporte anual, parceria que garantiu o Carnaval deste ano. Isso, sem contar o apoio para a Fenachim, nossa maior festa'

Giovane Wickert
Prefeito de Venâncio Aires

GOVERNADOR

José Ivo Sartori afirmou que a Estação de Tratamento de Esgoto 'trará profundos benefícios sociais e ambientais para Venâncio Aires'. O governador salientou que a estrutura da ETE estará adequada às necessidades e demandas da comunidade e que as obras decorrentes deste investimento precisam ser realizadas 'porque ninguém pensa os municípios com o tamanho que eles acabam ficando'. Ele alertou para o fato de que será necessário 'dar uma mexida nas ruas', mas que as ações, embora em algum momento causem transtornos para a população, são sempre visando o bem comum. 'Cuidar da água e do esgoto é cuidar da saúde, da vida. Os administradores são passageiros, porém as obras, permanentes', completou.

Estamos trabalhando em busca de um Estado mais eficiente na prestação dos serviços públicos. O poder público, às vezes, é muito voltado para si mesmo, e isso não é o correto. Começamos pelo necessário, depois faremos o possível e, quem sabe, um dia estaremos fazendo o impossível'

José Ivo Sartori
Governador do Estado