fechar

Leci Siebeneichler empresta nome ao Pavilhão das Agroindústrias

por: Edemar Etges
Data: 14/05/2019 | 17:00
Foto: Edemar Etges / Folha do MateAutoridades e familiares no ato de abertura da fita inaugural do espaço Tia Leci
Autoridades e familiares no ato de abertura da fita inaugural do espaço Tia Leci

'As sextas-feiras eram o dia em que ela vendia seus produtos. Foi numa sexta-feira, 15 dias após a Fenachim em que ela faleceu e novamente numa sexta-feira, ela é homenageada ao emprestar o seu nome para o Pavilhão das Agroindústrias'. A manifestação é de Marei Becker, ao falar emocionado, quem foi e o que representou Leci Siebeneichler, também chamada de `Tia Leci, para a família dela, durante a solenidade de denominação de Pavilhão Agroindustrial Leci Siebeneichler, ocorrida na tarde da sexta-feira, 10. Marnei é genro e falou em nome do esposo Eleutério e dos filhos Edson e Liziane, que está dando continuidade ao empreendimento de sua mãe.

A presidente da 15ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) Cleiva Heck, explicou o por quê da escolha do nome de Leci Siebeneichler para o Pavilhão das Agroindústrias. 'Quando recebi o nome, fiquei bem emocionada por poder homenagear uma pessoa tão importante como ela, pois foi uma das inspiradoras das agroindústrias familiares de Venâncio Aires. É mais uma ação dentro da 15ª Fenachim que desperta em nós o espírito solidário e reconhecer aqueles que deixaram um legado na comunidade', frisou.

PIONEIRISMO

O coordenador da Comissão de Agricultura da 15ª Fenachim Vicente Fin, apresentou um pequeno histórico da vida de Leci, que desde 1982, produzia de forma artesanal, diversos tipos de bolachas e panificados. No ano de 1993, ela concretizou o nome do empreendimento e no ano de 2003, se inscreveu no Programa da Agroindústria Familiar do Estado do Rio Grande do Sul. Fin lembrou que em 2010 a filha Liziane assumiu o empreendimento e em 2012, ela conseguiu o Selo Sabor Gaúcho.

'Estamos aqui para um momento especial, que é denominar este espaço de Pavilhão Agroindustrial Leci Siebeneichler', destacou o prefeito Giovane Wickert, ao reforçar que era a justa a homenagem a ela, desejando que o trabalho dela sirva de exemplo para outras mulheres rurais. Lembrou que ela sempre foi uma das empreendedoras rurais que tinha um estande durante a Fenachim. 'Ela inspirou muitas pessoas a darem um passo à frente e agregarem valor aos seus produtos, estabelecendo uma agroindústria familiar.'

Leci Siebeneichler nasceu no dia 6 de fevereiro de 1951 e faleceu no dia 25 de maio de 2012, 15 dias após a 12ª Fenachim.

'Nada não é por acaso. A Tia Leci é um exemplo a ser seguido, pois foi uma pessoa simples'.
MARNEI BEKCER
Genro de Leci Siebeneichler

'Cada agroindústria familiar tem o seu tempero e a sua qualidade e a marca da Tia Leci veio para ficar'.
GIOVANE WICKERT
Prefeito de Venâncio Aires