fechar

Wickert defende participação de prefeitos como observadores da COP 8

por: Letícia Wacholz
Data: 23/05/2018 | 12:40
Vivo
Foto: Adriene Antunes / AI PrefeituraPrefeito Giovane representou a Associação dos Municípios Produtores de Tabaco
Prefeito Giovane representou a Associação dos Municípios Produtores de Tabaco

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados promoveu, na tarde desta terça-feira, 22, uma audiência pública para tratar sobre o posicionamento brasileiro na Conferência das Partes para o Controle do Tabaco, agendada para ocorrer de 1º a 6 de outubro, em Genebra, na Suíça.

A reunião, liderada pelo deputado federal Alceu Moreira (MDB/RS), contou com a participação de diversas lideranças da cadeia produtiva do tabaco e também da Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (Conicq).

Presente na audiência, o prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert, fez um discurso que se destacou durante o evento, ao defender diálogo e sintonia entre as partes: o setor do tabaco e as entidades antitabagistas, bem como, as organizações de saúde.

Representando a Associação de Municípios Produtores de Tabaco, ele lembrou que desde a realização da Abertura da Colheita do Tabaco, realizada em outubro do ano passado em Venâncio Aires, vem mantendo contato com membros da Conicq que teria manifestado interesse em abrir um diálogo com os prefeitos dos municípios produtores. Inclusive, anunciou que pretendem agendar um encontro, no começo do próximo mês, na sede do Inca, no Rio de Janeiro, para estreitar relações e sugeriu um encontro, também na maior região produtora de tabaco do país.

Prefeitos na COP 8
Durante sua fala, Giovane Wickert também defendeu que prefeitos de municípios produtores de tabaco sejam representados na Conferência das Partes para o Controle do Tabaco, que ocorre em outubro, na Suíça.

Segundo ele, a Associação dos Municípios Produtores de Tabaco, vai se mobilziar para conquistar um credencial de observador da COP 8. 'Vamos trabalhar para que, pelo menos um prefeito possa nos representar no evento.'

Prefeito também observou que embora Venâncio Aires tenha o tabaco como a principal fonte de renda de milhares de famílias, é um município que também diversifica e de destaca em diversas segmentos, como a proteína animal, milho, erva-mate e se destaca pelas agroindústrias familiares.

 

Parece que queremos dançar tango em baile funk. Parece que não há entendimento entre as partes. Precisamos afinar isso.' 

GIOVANE WICKERT - Prefeito de Venâncio Aires ao comentar a necessidade de diálogo entre a cadeira produtiva de tabaco e as organizações e entidades antitabagistas.