fechar

Venâncio se despede de Cadu Preuss

por:
Data: 04/12/2016 | 17:39

Um fim de semana de muita tristeza encerra em Venâncio com a despedida ao desportista Eduardo Luis Preuss, de 36 anos. Cadu, que faleceu na tragédia ocorrida na terça-feira com o avião que transportava a equipe da Chapecoense à Colômbia, foi velado na Câmara de Vereadores e foi sepultado no fim da tarde deste domingo, 4, no Parque Jardim Bela Vista.

Após o velório coletivo na Arena Condá, em Chapecó realizado neste sábado, 3, a Organização Kist realizou o translado à cidade natal, onde iniciou a carreira no futebol. O corpo chegou a Casa Legislativa na noite de sábado, por volta das 22h, quando somente familiares fizeram suas homenagens.

Além dos milhares de abraços e palavras de conforto que recebeu, a família ainda pode ser consoloda ao ver, pela última vez, aquele que era motivo de orgulho e alegria de todos, já que o caixão pode ser aberto. A Organização Kist, à pedido da família fez a troca da urna, já que na qual foi trazido, de padrão internacional, abria apenas parcialmente.

Ao longo deste domingo, centenas de pessoas, muitos que conheciam Cadu desde a infância, e também depois de se tornar jogador, como os ex-companheiros na época do Guarani, os zagueiros Bolívar e Márcio Nunes e o goleiro Nivaldo e o volante Eder Lazzari, deram adeus ao amigo.

Depois de uma breve cerimônia conduzida pelo padre Beto Konzen, em meio a uma longa salva de palmas dos presentes, o corpo foi levado para o caminhão de bombeiros. No veículo, além do caixão, foram até a última morada de Cadu, seus familiares próximos, a esposa Ana Claúdia e a filha Gabrielle, além dos pais Arnaldo e Sílvia e os irmãos, Pedro  e Ricardo.

No Parque Jardim Bela Vista, as últimas homenagens ao venâncio-airense, entre elas, o empresário José Kist, anunciou que Cadu também está no memorial do Parque. No local, além de uma foto há a seguinte mensagem: 'Cadu...Esperamos que uma estrada de luz se abra a sua frente. Que o vento sopre lentamente nas suas costas. Que o sol brilhe morno e suave em sua face. Que a chuva caia de mansinho nos seus campos. E até que nos encontremos de novo, que Deus lhe guarde na palma de sua mão."

A missa de sétimo dia de falecimento será celebrada na quinta-feira , 9, às 20h , na Igreja Matriz São Sebastião Mártir , durante a missa da Trezena.