fechar

Venâncio é líder em acidentes de trabalho no Vale do Rio Pardo

por:
Data: 27/07/2016 | 08:52
Foto: Alvaro Pegoraro / Arquivo FMMaioria dos acidentes ocorrem na construção civil
Maioria dos acidentes ocorrem na construção civil

O Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, nesta quarta-feira, 27, deve ser motivo de alerta para o Vale do Rio Pardo. No mais recente levantamento divulgado pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social, referente a 2014, as estatísticas mostram que, no comparativo com o ano anterior, quadruplicou o número de pessoas que perderam a vida no exercício de suas atividades profissionais: subiu de dois casos para oito.

Em Venâncio, por sua vez, não houve registro de óbitos nos dois anos em questão, no entanto, o número de acidentes chegou a 1.628 em 2013/14. De acordo com o engenheiro de Segurança do Trabalho, Rodrigo Machado Mello, a maioria ocorre na área da Construção Civil, seguida do setor metal mecânico e marcenarias. 

Segundo o engenheiro de segurança do trabalho, Ricardo Nicolau, boa parte desses acidentes poderiam ser evitados. 'Quando falamos nesse assunto, logo vem à mente o famoso EPI (Equipamento de Proteção Individual) que é amplamente utilizado. Mas, na realidade, ele deveria ser a última opção para proteção do trabalhador. A forma mais eficiente de evitar um acidente é não proporcionar o cenário para que ele aconteça, com conscientização e atitudes preventivas.'

Para isso é de vital importância que as empresas não negligenciem a segurança no trabalho, conforme previsto na legislação. As Normas Regulamentadoras, do Ministério do Trabalho e Previdência Social, determinam que toda a empresa que possua um ou mais empregados deve elaborar o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). Estes programas servem para avaliar os riscos dos ambientes, monitorar a saúde dos trabalhadores, bem como definir as medidas de controle que devem ser adotadas para evitar doenças e acidentes, como detalha Mello. 'A empresa tem que eliminar os riscos, essa é a responsabilidade dela. A empresa tem que fornecer um ambiente de trabalho seguro para o seu funcionário. Não é apenas fornecer o equipamento de proteção individual. A máquina que ele trabalha precisa ser segura, o ambiente que ele está trabalhando em altura, no caso da construção civil, tem que ter proteções coletivas para que o funcionário não venha a cair e todo o maquinário tem que estar protegido.' 

A médica do trabalho Claudia Ballico, observa que, muitas vezes, a prevenção de um acidente passa pelo cuidado com a saúde geral do trabalhador. 'Se a pessoa estiver com algum problema, depressiva, muito ansiosa, alimentando-se mal ou dormindo pouco, por exemplo, isso poderá gerar uma condição de risco de acidente no seu ambiente profissional', explica a médica.

 

O que diz a lei

Acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço de empresa ou de empregador doméstico, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho. Os acidentes de trabalho podem ser classificados como: doença profissional ou do trabalho, acidente típico ou acidente de trajeto.

O Engenheiro de Segurança do Trabalho, Rodrigo Machado Mello, tirou algumas dúvidas a cerca do assunto. Confira:

Onde o trabalhador deve buscar ajuda caso a empresa não ampare após o acidente?
Funcionário procura o Sistema Único de Saúde, mas caso a empresa não ampare, tem que procurar seus direitos. Quando ocorre um acidente de trabalho a empresa é obrigada a dar todo o encaminhamento e a assistência médica, para que esse funcionário se recupere da melhor forma possível. Às vezes, a assistência pode ser buscada até de forma judicial.

É comum trabalhadores ingressarem com ações contra a empresa?
Não, geralmente as empresas dão toda a assistência necessária. Por exemplo, se vai demorar muito para fazer uma cirurgia, paga particular, leva para a fisioterapia, acerta os valores dos remédios.

Qual a responsabilidade da empresa?
A empresa tem que eliminar os riscos, essa é a responsabilidade dela. A empresa tem que fornecer um ambiente de trabalho seguro para o seu funcionário. Não é apenas fornecer o equipamento de proteção individual. A máquina que ele trabalha precisa ser segura, o ambiente que ele está trabalhando em altura, no caso da construção civil, tem que ter proteções coletivas para que o funcionário não venha a cair e todo o maquinário tem que estar protegido.

Todo o tipo de trabalho tem algum risco?
Quando o trabalhador está trabalhando em postura inadequada não é um acidente de trabalho, seria uma doença ocupacional, porém, é considerada pelo INSS equivalente a um acidente de trabalho. Ou seja, tu desenvolve uma doença postural, vai precisar ficar afastado e entra em benefício pelo INSS, e eles caracterizam isso como acidente de trabalho. O empregador tem que fornecer ambientes que não tenha esses desvios ergonométricos.ssss