fechar

Venâncio-airenses são assaltados no Peru e precisam cancelar expedição

por: Mônica da Cruz
Data: 12/08/2015 | 18:30
Foto: Mônica da Cruz / Folha do MateFrancisco, Camila e Jurandi prontos para a Expedição América do Sul
Francisco, Camila e Jurandi prontos para a Expedição América do Sul

A Expedição América do Sul, realizada pelo advogado Jurandi Piegas Araújo (Jura), 67 anos, seu filho Francisco Trabarch Araújo (Cisco), e a nora, Camila Juliana Fredrich (Mila), que estava ocorrendo desde o dia 31 de julho, teve que ser suspensa. Infelizmente, um incidente ocorreu com a família que estava no Peru.

Jura relata que ele, o filho e a nora, estavam na cidade de Tacna, no Peru, e estacionaram o carro no centro da cidade, em uma avenida movimentada, para trocar dólar por soles. Entretanto, em quinze minutos, o veículo foi arrombado e levaram malas, câmeras e os passaportes de Francisco e Camila.

Segundo Jura, todos registraram a ocorrência e ficaram mais um dia em Racna, mas os passaportes não foram encontrados. Por esse motivo, os venâncio-airenses tiveram que ir até Lima e, após, até a Embaixada do Brasil, para tirar o 'salvo contudo' para Cisco e Mila. A família, que passou o final de semana em Lima, teve que retornar para o Brasil, pois o salvo conduto era apenas para sair do Peru e não havia como continuar a viagem até o Equador.

Ontem, terça-feira, os venâncio-airenses passaram a fronteira do Peru, na cidade de Onãpadi, com o Brasil, na cidade de Assis Brasil. Segundo as últimas informações recebidas pela equipe da Folha do Mate, Jura e os familiares estavam em Rio Branco, no Acre, e planejavam a continuação da viagem rumo a Venâncio Aires.