fechar

Levantamento aponta preços estáveis nos supermercados

por: Juliana Bencke
Data: 05/02/2019 | 09:01

É quase imperceptível a variação dos preços nos supermercados entre janeiro e fevereiro, conforme levantamento da Folha do Mate em três estabelecimentos do município. A pesquisa, realizada ontem, mostra um aumento de 0,5% na lista de compra com 38 itens alimentícios e de limpeza. Em janeiro, o preço médio dos itens pesquisados era R$ 256,62, neste mês, o valor é de R$ 257,90.

Enquanto a maioria dos itens manteve mesmo preço do mês passado, o feijão foi o produto com maior aumento. O quilo do alimento que custava, no máximo, R$ 6,49, nos supermercados pesquisados, em janeiro, chegou a R$ 8,80 neste mês - uma elevação de quase 36% no preço.

Foto: Juliana Bencke / Folha do MateDiferença de preços entre os supermercados pesquisados é de pouco mais de 6%
Diferença de preços entre os supermercados pesquisados é de pouco mais de 6%

Em compensação, o quilo do tomate, que alcançava R$ 6,49 reduziu para R$ 2,99, em dois supermercados, e chega a custar apenas R$ 1,99, em outro estabelecimento - uma redução de quase 70%.

A diferença no preço total entre os supermercados permaneceu praticamente a mesma: de quase 7%, em janeiro, ficou em pouco mais de 6%, neste mês. Entre os 38 itens pesquisados pela Folha do Mate estão os 13 produtos considerados obrigatórios em uma cesta básica de alimentos, conforme o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese): arroz, feijão, farinha, carne (gado), leite, batata, tomate, pão francês, banana, café, banana, açúcar, óleo e manteiga/margarina.

Para realizar o levantamento de preços, foram escolhidos três supermercados de Venâncio Aires e considerados preços de marcas líderes de mercado, sendo dispensadas promoções.

>> R$ 257,90 é o preço médio da lista de compras pesquisada pela Folha do Mate. O valor dos produtos variou de R$ 249,73 a R$ 266,15.