fechar

Você sabe quanto tempo vale a sua identidade?

por: Kethlin Meurer
Data: 24/11/2017 | 09:15
Foto: Kethlin Meurer / Folha do MateDe acordo com a papiloscopista Simone, em média, são feitas 25 carteiras de identidade por dia no setor de identificação do Instituto-Geral de Perícias
De acordo com a papiloscopista Simone, em média, são feitas 25 carteiras de identidade por dia no setor de identificação do Instituto-Geral de Perícias

Para que a pessoa possa exercer os direitos e deveres enquanto cidadãs, a carteira de identidade torna-se necessária em diversos momentos. Mas o que nem todo mundo sabe é que esse documento tem um prazo de validade de dez anos e que a segunda via - diferente da primeira - não é de graça, tem um custo de R$ 64, e leva cerca de dez dias para ficar pronta.

Em relação à identidade expressa, que é confeccionada em um prazo menor, cinco dias, o valor, justamente por esse motivo, é mais alto, R$ 83,20. Quem precisa urgentemente do documento, também pode retirá-lo em horas, mas, nesse caso, a pessoa precisa se deslocar até Porto Alegre e comparecer no Departamento de Identificação da cidade.

Em Venâncio Aires, o encaminhamento da carteira de identidade é feito pelo setor de identificação do Instituto-Geral de Perícias, localizado junto à Agência FGTAS/Sine de Venâncio. O processo leva cerca de 20 minutos e é feito das 8h30min às 14h no local. Das 14h às 15h, o período é apenas para a retirada das identidades já prontas.

Segundo a papiloscopista Simone Becker, em média, são encaminhados 25 documentos por dia e no período de dezembro a fevereiro o movimento é mais intenso para a confecção. Uma das explicações é por ser temporada de férias.

Além disso, de acordo com ela, Venâncio Aires tem posto de identificação regional, o que significa que são também encaminhadas carteiras tanto do município, bem como, de mais dez cidades, que são Mato Leitão, Santa Clara, Cruzeiro do Sul, Passo do Sobrado, Vale Verde, Taquari, Paverama, Poço das Antas, Imigrante e Boom Retiro do Sul. Simone explica que esses municípios ainda fazem a coleta manual, com tinta, diferente de Venâncio que já faz uso de um sistema digital. É por isso que a coleta de impressões digitais é feita por essas cidades, mas, depois, todo o material é direcionado para a Capital Nacional do Chimarrão que finaliza o processo.

Foto: Kethlin Meurer / Folha do MateO processo da coleta de impressões digitais em Venâncio Aires é feito digitalmente
O processo da coleta de impressões digitais em Venâncio Aires é feito digitalmente

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
De acordo com Simone, não existe uma idade ideal para que a carteira de identidade seja feita. No caso das crianças que ainda não foram alfabetizadas, o documento pode ser feito igual. A diferença é que no mesmo constará que a pessoa não é alfabetizada.

Tanto na primeira quanto na segunda via, é necessário apresentar a certidão de nascimento ou de casamento de acordo com o estado civil, Cadastro de Pessoa Física (CPF), PIS e não é preciso levar foto 3x4. Os documentos precisam ser originais.

A segunda via também pode ser solicitada quando a pessoa achar necessário. Mas a busca é mais comum, segundo Simone, quando a assinatura mudou muito, o documento molhou ou, ainda, quando não se reconhece mais a pessoa na fotografia.

Em caso de roubo do documento, é aconselhado se fazer um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia.