fechar

Delegado vai pedir providências à EGR para trecho violento

por: Carlos Dickow e Cristiano Wildner
Data: 10/08/2018 | 09:30
Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do MateDelegado Vinícius Lourenço de Assunção entra na luta por providências na RSC-287
Delegado Vinícius Lourenço de Assunção entra na luta por providências na RSC-287

Responsável pela Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Venâncio Aires, Vinícius Lourenço de Assunção é mais um a engrossar o coro por providências na RSC-287, em especial no trecho entre o trevo de acesso à Capital Nacional do Chimarrão e o Restaurante Casa Cheia. Para o delegado, é urgente a necessidade de aplicação de medidas que contribuam para redução do número de acidentes no local. O policial pretende encaminhar, nos próximos dias, um documento à direção da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

'Não sou especialista em trânsito, mas despertaram atenção da Polícia Civil os recorrentes sinistros na RSC-287, principalmente nas imediações do Casa Cheia e no acesso à Linha Mangueirão', diz o delegando, reforçando que não vai sugerir à EGR o que deve ser feito, somente pedir providências a respeito. 'Nos dois locais, parece haver problemas na sinalização da via. Isso, aliado à imprudência de alguns motoristas, tem contribuído para a ocorrência de acidentes extremamente graves, muitos deles com vítimas fatais', argumenta.

MOÇÃO
Na sessão da Câmara desta semana, os vereadores aprovaram uma Moção de Apelo de Zé da Rosa (PSD), que solicita à EGR a instalação de redutor de velocidade exatamente no trecho mencionado pelo delegado Vinícius Lourenço de Assunção. Foi nessa região que ocorreu acidente de trânsito no dia 20 de julho, do qual resultaram duas vítimas fatais: Joice Caroline Stumm, 19 anos, e Pedro José Schmidt, 50 anos. Ela era moradora da Capital do Chimarrão, já ele era natural de Novo Hamburgo. Mateus Frantz Schmidt, de 15 anos, filho de Pedro, sobreviveu. Neste mesmo ponto há registros de outros acidentes com mortes. 

#DUPLICA287

1 A primeira fase de ações para promover a campanha pró-duplicação da RSC-287, entre Tabaí e Santa Maria, terá a participação de técnicos especialistas em transportes e mobilidade para justificar a necessidade do investimento na rodovia.

2 Os nomes dos especialistas que irão participar dos fóruns e palestras estão sendo definidos pelo movimento. Paralelo ao contato com especialistas em mobilidade, o grupo de trabalho dedica-se também à confecção de uma carta única das regiões.

3 Além disso, ontem à tarde foi tratada em Santa Cruz do Sul a reativação da Câmara da Indústria, Comércio, Agronegócio, Serviços e Cultura (CIC) do Vale do Rio Pardo.

4 A primeira bandeira da entidade é a defesa do projeto pela duplicação da 287. Conforme o vice-presidente da Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) e responsável pela CIC, Ario Sabbi, é necessário que todos aglutinem forças para aumentar as chances do sucesso do projeto.

5 O ato de reativação da entidade ocorreu durante o Fórum de Líderes da Federasul, realizado na Associação Comercial e Industrial de Santa Cruz do Sul. A primeira tentativa para criar a CIC ocorreu em 2006.