fechar

Inscrição no sistema mutualista com desconto maior encerra no fim do mês

Inscrição no sistema mutualista com desconto maior encerra no fim do mês

por: Cristiano Wildner
Data: 16/08/2018 | 07:00
Foto: Edemar Etges / Folha do Mate/ArquivoFMNa safra 2016/17 foram registrados 16.160 danos em lavouras
Na safra 2016/17 foram registrados 16.160 danos em lavouras

Para quem se dedica à fumicultura, vale o alerta. A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), está com inscrições abertas para o Sistema Mutualista. Dados contabilizados pela entidade dão conta de que na safra 2016/2017 foram registrados 16.160 danos em lavouras e 895 danos em estufas. Apenas na microrregião de Venâncio Aires a expectativa é chegar a nove mil adesões.

Coordenador local, André Fagundes, faz um alerta aos produtores de tabaco interessados em inscrever suas lavouras com desconto. Pelas novas regras para pagamento à vista das inscrições de lavouras de tabaco no Sistema Mutualista três são os prazos importantes para serem observados.

Para a safra 2018/19, os produtores têm o direito a desconto de 7% caso antecipem o pagamento até 31 de agosto. Para quem optar pela liquidação até 30 de setembro, o percentual é de 5%, e até 31 de outubro, prazo final para inscrições, o desconto é de 3%. O prazo de carência passou a ser de sete dias, a partir da entrega dos pedidos de inscrição de lavouras na Afubra - matriz e filiais - e postagem no correio.

BONIFICAÇÕES

Fagundes informa ainda que foi reduzido o percentual de contribuição para inscrição das lavouras de tabaco de 5,4% para 5,2% para o auxílio sobre danos provocados pelo granizo. Para quem tem direito às bonificações de 10%, 20%, 30% e 40%, as taxas baixaram para 4,7%, 4,2%, 3,6% e 3,1%, respectivamente. O bônus é concedido aos produtores que efetuam inscrição de forma ininterrupta e sem registro de prejuízos com granizos indenizáveis, seguindo períodos pré-determinados.

SAFRA

Como a comercialização da safra 2017/2018 ainda não está concluída, estima-se que o volume total deva ficar em 667.223 toneladas. Para o novo período, a entidade sugere redução na produção de tabaco para adequar a oferta à demanda.

SAIBA MAIS 

Por meio do Sistema Mutualista, desde 1957 a Afubra socorre com auxílios os associados que tiverem danos nos seus fumais causados por tempestades de granizo. Desde 1962 são concedidos auxílios para reconstrução aos produtores que, durante a cura do tabaco, sofreram danos nas estufas por incêndio ou tufão. E em 1967 foi instituído o auxílio funeral atendendo mais uma necessidade social do fumicultor, com liberação do valor mediante a apresentação do atestado de óbito. Fonte: Afubra.