fechar

Heloisa Seibt comemora 50 anos de carreira no ensino estadual

por: Folha do Mate
Data: 02/04/2013 | 17:11

Ao completar 50 anos de magistério, ontem, a professora e orientadora educacional Heloisa Helena Seibt não escondia a satisfação pela carreira e momentos vividos em meio século de atuação em escolas estaduais do município. Sua passagem pela sala de aula se iniciou em 1963, na Escola Monte das Tabocas, onde atua como orientadora educacional desde 2003 e pretende encerrar a carreira no decorrer do próximo ano. Natural de Porto Alegre, Heloisa veio morar em Venâncio Aires aos 4 anos. Somente se ausentou do município entre 1958 e 1962, quando morou em Roca Sales e estudou no Colégio Madre Bárbara, em Lajeado. Segundo a professora, na época, o local funcionava como colégio interno e tinha um sistema de ensino exigente, que serviu de base para sua caminhada na área educacional.


Quando voltou à Capital do Chimarrão, Heloisa passou a estudar no Colégio Nossa Senhora Aparecida, onde participou de curso específico para moças se tornarem professoras. O curso tinha duração de três anos e incluia estágio não remunerado pelo período de meio ano. Por meio disso, em março de 1963, teve sua primeira experiência em sala de aula na Escola Monte das Tabocas. Cerca de um mês depois, no dia 1º de abril de 1963, ingressou na Escola Zilda de Brito Pereira como professora titular contratada do governo do estado e, assim, dava início à carreira no magistério estadual. Além disso, teve passagens pelas escolas Brígida do Nascimento, 11 de Maio, Professora Leontina e Cônego Albino Juchen (CAJ).


Além de atuar como professora, Heloisa Seibt também teve experiências como diretora escolar na Escola Brígida, nos anos de 1965 e 1966, e no CAJ entre 1998 e 2001. Entre 1975 e 1978, Heloisa buscou se aperfeiçoar como educadora e cursou Pedagogia e Orientação Educacional na Fisc, hoje Unisc. Entre os momentos mais marcantes da carreira, cita a passagem pelo CAJ, onde atuou como diretora e professora de filosofia, sociologia e psicologia, num período de cerca de 20 anos.  Fora isso, cita suas diversas passagens pela Escola Monte das Tabocas, onde desde 2003 trabalha junto ao Serviço de Orientação Educacional (SOE). No educandário também destaca a sua atuação na organização de bailes de debutantes, que reuniam diversas meninas, entre os anos de 2005 e 2010.


Sobre a atual função de orientadora, Heloisa se diz satisfeita em poder ajudar os alunos a se adaptarem com adversidades e resolverem conflitos. “Se procura ajudar os alunos da melhor forma possível e, assim, contribuir para melhorar o rendimento deles.” Em relação aos 50 anos de magistério estadual, diz que parece não acreditar que já se passaram tantos anos. “Isso é um sinal de que escolhi a profissão certa e consegui me adaptar às mudanças na sala de aula”, destaca.


Aos 68 anos, Heloisa é casada e tem dois filhos. Além disso, possui duas netas que estudam na Escola Monte das Tabocas. Ela considera gratificante o trabalho com jovens e demonstra satisfação ao passar aos alunos e professores a experiência adquirida. Na manhã de ontem, professores, direção e alunos da Escola Monte das Tabocas prestaram homenagens à Heloisa pela aniversário de 50 anos de atuação no magistério estadual.