fechar

Expectativa é reunir até 15 grupos no Festival Terno de Reis

Evento ocorre no dia 4 de janeiro, no Largo do Chimarrão

por: Cristiano Wildner
Data: 28/12/2018 | 09:00
Foto: Arquivo FM Evento é aberto ao público e ocorre no Largo do Chimarrão
Evento é aberto ao público e ocorre no Largo do Chimarrão

A programação do Natal Cor & Magia de Venâncio Aires encerra com o tradicional Festival José Arnildo Bento da Silva de Terno de Reis, que no próximo ano chega a sua 24ª edição. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até o dia 3 de janeiro na Secretaria de Cultura e Esportes, que fica na esquina das ruas Osvaldo Aranha e Reinaldo Schmaedecke. Já as apresentações ocorrem no Largo do Chimarrão, no dia 4 de janeiro, a partir das 21h. A expectativa é de reunir até 15 grupos, inclusive de outros municípios da região.

A ordem de apresentação no dia do festival será de acordo com a inscrição, que é gratuita. Cada terno poderá apresentar a música de reis seguida de mais uma canção de livre escolha. Cada grupo receberá troféu de participação. Além disso, cada cantor poderá participar apenas em um terno.

O secretário de Cultura e Esportes, Henrique Silva, estende o convite a 'toda comunidade venâncio-airense e da região que está convidada a prestigiar o evento. Todos pode levar sua cadeira e seu chimarrão e apreciar uma tradição que se perpetua na Capital do Chimarrão. Parte da rua Osvaldo Aranha será bloqueada na noite para as apresentações', informa.

Silva também observa que é crescente o número de pessoas que assistem as apresentações. 'O festival, com o passar das edições, vem se aperfeiçoando cada vez mais', avalia. Ele ainda lembra que os grupos que não estiverem com a formação completa na hora da apresentação irão ao final da fila e serão os últimos a se apresentar.

Terno de Reis

São assim chamadas as canções, ou os pequenos grupos de músicos que as realizam e que têm como referência a história bíblica dos Três Reis Magos e sua chegada ao lugar onde se encontrava o menino Jesus. Elas mantêm uma tradição de origem portuguesa relacionada à história bíblica.

Tradicionalmente, esses grupos percorrem as casas de comunidades desde o dia 25 de dezembro até a véspera do dia 6 de janeiro, data em que se comemora o Dia de Reis.

É comum que os grupos sejam compostos por três cantores do terno e outros instrumentistas. É possível que durante o evento os cantores criem as letras com base em improvisação, usando como elemento fatos ocorridos durante aquela noite em específico, fazendo referência, por exemplo, à contribuição feita aos cantores.