fechar

Escola estadual 11 de Maio promove Mostra Literária

Evento ocorre na próxima semana, com participação de escritores locais e mediadores de leitura, além de atividades recreativas

por: Juliana Bencke
Data: 15/04/2018 | 09:00
Foto: Juliana Bencke / Folha do MateProfessora Daniela e supervisora Maria Elisabete Giovanaz explicam que programação tem objetivo de fomentar leitura entre os estudantes
Professora Daniela e supervisora Maria Elisabete Giovanaz explicam que programação tem objetivo de fomentar leitura entre os estudantes

A leitura será a grande estrela na Escola Estadual de Ensino Fundamental 11 de Maio, no bairro Coronel Brito, na próxima semana, quando ocorre a 1ª Mostra Literária da instituição. O evento se estende de segunda, 16, a sexta-feira, 20, com participação de escritores locais e mediadores de leitura, além de atividades recreativas e exposição de textos produzidos pelos estudantes.

A abertura, na manhã de segunda-feira, ficará por conta do personagem Papelito. Além disso, no decorrer da semana, já estão confirmados bate-papos com a professora da escola Jaqueline Richter, autora do livro infantil 'A história do Ovo', e com a jornalista Jaqueline Caríssimi, do jornal Folha do Mate.

Estudantes, professores e funcionários, assim como familiares dos alunos, também estarão envolvidos em contações de histórias, 'soletrando' e adivinhações sobre livros, além de apresentações musicais e exibição do filme 'Coração de tinta'.

Os familiares dos alunos também são convidados a participar das atividades, ao longo da semana. Começamos com um evento pequeno, mas acreditamos que a mostra vai se consolidar como um grande evento, ao longo dos anos. Toda escola está mobilizada para a Mostra Literária', Daniela Beatriz da Silva, professora.

 

De acordo com a professora de Língua Portuguesa Daniela Beatriz da Silva, a Mostra Literária vai ao encontro da proposta de incentivar a leitura na escola - projeto que já vem sendo trabalhado há alguns anos pela instituição. Uma vez por semana, todos os alunos, docentes e funcionários do colégio param as atividades por uma hora, para ler. 'Dos estudantes ao pessoal da cozinha e da limpeza, todo mundo para o que está fazendo para ler', afirma.

Daniela explica que a intenção é, com a programação da próxima semana, estimular ainda mais o gosto pela leitura entre as crianças e os adolescentes, o que deve refletir no seu desenvolvimento e na qualidade dos índices de ensino da escola. 'É muito importante trazer para a escola mediadores de leitura: escritores locais, jornalistas, contadores de histórias que transmitam, com emoção, o gosto pela leitura, que mostrem os benefícios desse hábito e o quanto um livro pode marcar a vida de alguém.'