fechar

Assembleia para oficializar campanha salarial dos servidores será no dia 21

Encontro será na Câmara de Vereadores e será comandado pelo presidente da categoria, Odenir Guterres de Carvalho

por: Cristiano Wildner
Data: 17/02/2019 | 18:00
Foto: Divulgação / AI SSPVAEncontro em preparação da assembleia ocorreu na sede da entidade
Encontro em preparação da assembleia ocorreu na sede da entidade

Está oficializada a data da assembleia geral extraordinária que abrirá a campanha de negociação salarial deste ano dos servidores públicos municipais de Venâncio Aires. O sindicato da categoria marcou para o dia 21 de fevereiro o encontro que inicia às 19h no plenário Vicente Schuck, da Câmara de Vereadores. Na reunião serão definidos os itens que serão negociados com o Executivo em favor da classe trabalhadora.

O presidente do sindicato dos servidores públicos, Odenir Guterres de Carvalho, lembra que a data-base da categoria para revisão geral anual do salário e benefícios é o mês de março. Contudo, ele também cita que 'não necessariamente será preciso concluir a negociação já no próximo mês. Pois dependendo do índice a ser reivindicado, a reposição poderá ser retroativa'.

O encontro que alinhou parte dos itens que serão propostos na assembleia transcorreu na quinta-feira, dia 14, em reunião da diretoria do sindicato. Um dos pontos, segundo o presidente Guterres de Carvalho, que a categoria não abrirá mão será sobre a revisão geral salarial. 'A média de índices inflacionários de 2018 indicam que o servidor teve significativas perdas em relação ao ganho real', disse o presidente na reunião.

CÂMARA E PREFEITURA

Existe ainda possibilidade da pauta de reivindicação compor campos bem específicos como da área da saúde e da educação, como ocorreu em 2017. 'A assembleia é aberta a todos os servidores, independente de serem associados ou não', lembra o presidente.

'Estamos preparados para promover uma ampla negociação. Queremos evitar qualquer tipo de confronto ou paralisação, como já ocorreu em outros momentos, porém a assembleia é soberana e pode encaminhar qualquer tipo de situação', diz Guterres de Carvalho. Ele lembrou, ainda, que em momentos anteriores, a reposição salarial foi aceita pelo Executivo, mas repassada em etapas, pois no período a Prefeitura sofria severamente por crise financeira em que o país estava mergulhado.

AVALIAÇÃO DE 2018

O presidente Odenir Guterres de Carvalho avalia que no ano passado a reposição salarial dos servidores públicos foi considerada irrisória, pelos baixos índices de inflação, contudo avanços pontuais foram conquistados quanto ao vale-alimentação e vale-feira.

O valor do vale-alimentação foi majorado em 50% em relação ao exercício de 2017 e passou a ser de R$ 210. Já a concessão do vale-feira, instituído no ano passado, é de R$ 20 e oportuniza aos servidores comprar nas feiras da Cooperativa dos Produtores de Venâncio Aires (Cooprova). É estimado que o benefício movimente, em média, cerca de R$ 25 mil, mensalmente.