fechar

Ampliar subestação é plano da RGE Sul

A empresa adquiriu a AES Sul em 2016 e atende mais de 30 mil clientes nas zonas urbanas e rural.

por: Letícia Wacholz
Data: 22/11/2017 | 14:50
Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do MateIluminação também nas áreas públicas
Iluminação também nas áreas públicas

A distribuição de energia elétrica em Venâncio Aires é de responsabilidade da empresa RGE Sul, do grupo CPFL. A empresa adquiriu a AES Sul em 2016 e atende mais de 30 mil clientes nas zonas urbanas e rural. Além da RGE, a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) presta serviços de transmissão de energia no município.

O município é abastecido por duas subestações, uma de propriedade da CEEE e a segunda da RGE Sul. Juntas, as duas empresas têm capacidade de fornecimento de 66 MVA.

Para 2018, a RGE Sul anunciou que vai colocar em prática um plano de obras e investirá R$ 11 milhões para ampliar a subestação Venâncio Aires 2, adicionando novo transformador e três novos alimentadores (circuitos de média tensão que levam energia das subestações para as redes de baixa tensão). Esta obra aumenta em 20 MVA (mega volt ampère) a disponibilidade de energia elétrica na região.

***

Electricity

In Venâncio Aires electricity is supplied by energy company RGE Sul, CPFL group. In 2016 the company took over AES Sul supplying energy to over 30,000 customers in both rural and urban areas. State-run electricity company, CEEE also supplies power transmission in the municipality. The municipality benefits from two substations, owned by CEEE and RGE Sul respectively. Together, they have a supply capacity of 66 MVA. RGE Sul have announced an investment plan of R$11 million for 2018 which includes the expansion of Venâncio Aires 2 substation, adding a new transformer and three new feeders (medium voltage circuits that carry power from substations to networks of low voltage). This investment will increase energy supply in the region by 20 MVA (mega volt ampere).