fechar

Um novo recomeço para o Guarani

Conselho Deliberativo do clube aprova parceria com o empresário Fernando Otto

por: Cristiano Wildner
Data: 08/11/2018 | 07:00
Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do MateEstádio Edmundo Feix pode voltar a sediar grandes jogos em 2019, nos 90 anos do clube
Estádio Edmundo Feix pode voltar a sediar grandes jogos em 2019, nos 90 anos do clube

No ano em que o Esporte Clube Guarani completa 90 anos de atividades, profundas mudanças na gestão serão colocadas em prática. O Conselho Deliberativo do Guarani deu aval para que a partir do próximo ano seja criada uma gestão conjunta e compartilhada com o empresário de futebol Fernando Otto. Ele representa nomes como D"Alessandro, Giorgian De Arrascaeta, Maxi Lopez, Giuliano e Alex Telles.

Na assembleia, que ocorreu nesta terça-feira 6, na sede da empresa IMX Sports, foram avaliadas diversas propostas de parceria. Uma delas propunha a suspensão do futebol profissional por até dois anos para investimentos mais significativos nas categorias de base, mas foi rejeitada.

A parceria, com duração de dois anos e renováveis por mais quatro, com o empresário de futebol Fernando Otto, garantirá aporte de valores mensais ao time. A complementação da renda será feita pelo próprio clube. O projeto é para manter tanto o time profissional, quanto as categorias de base. A proposta é participar do Campeonato Gaúcho da Divisão de Acesso e da Copa Federação Gaúcha de Futebol, também conhecida por Copinha.

Com o aval do Conselho Deliberativo, será criada a minuta do contrato. A gestão compartilhada, no entanto, se dá apenas sobre comissão técnica e plantel de jogadores. O patrimônio físico permanece sob responsabilidade da diretoria do clube. 'É uma parceria importante, que garantirá uma nova perspectiva ao clube', resumiu durante o encontro o presidente do Conselho Deliberativo do Guarani, advogado Mateus Deitos da Rosa.

PRESIDENTE EXECUTIVO

Foto: Cristiano Wildner / Folha do MateBatista também classificou a parceria como inédita dentro das quase nove décadas do clube
Batista também classificou a parceria como inédita dentro das quase nove décadas do clube

Uma das pautas também aprovadas prorrogou até o dia 17 de janeiro o mandato do presidente Sérgio Batista. Pela regra anterior, o mandato teria encerrado no dia 30 de setembro. Outra mudança feita no estatuto do clube ampliou de um para dois anos o mandato da diretoria executiva.

Batista disse que o trabalho para reposicionar o clube é intenso, mas existem boas perspectivas a partir da gestão compartilhada. 'Estamos fazendo um trabalho conjunto para conseguirmos quitar todas as dívidas, indiferente dos valores. Aos poucos, estamos avançando', destacou, sem revelar efetivamente os números. Dos atuais problemas, um dos que necessitam de uma rápida solução é o restabelecimento da energia elétrica no Estádio Edmundo Feix.

Batista também classificou a parceria como inédita dentro das quase nove décadas do clube. 'A parceria da gestão compartilhada é apenas em atletas. O empresário fica com 60% e o Guarani com 40%, em uma possível venda de atletas profissionais', esclareceu. Durante o encontro também foi anunciado um novo integrante da diretoria, que passa a atuar no Departamento de Marketing e Captação. Trata-se de Saul Zart, atual responsável pelo Departamento Cultural da Secretaria de Cultura e Esportes de Venâncio Aires.

ATLÉTICO PARANAENSE

Outra novidade que será intermediada pelo empresário Fernando Otto é um intercâmbio entre dois clubes rubro-negros: Guarani e Atlético Paranaense. Os presidentes de ambos os times discutirão formas de compartilhamento de experiências e ações, envolvendo comissão técnica e jogadores. A viagem ao Paraná para o primeiro contato pode ocorrer ainda neste mês.

ARÍLSON TREINADOR

Foto: Divulgação Assembleia contou com bom número de conselheiros, que aprovaram ações na gestão
Assembleia contou com bom número de conselheiros, que aprovaram ações na gestão

Já há uma negociação do empresário com o técnico Arílson Costa, para ele comandar o time Índio em 2019. Enquanto jogador, o meia defendeu times como Grêmio, Internacional, Palmeiras e América Mineiro. De 1995 a 1996 Arílson, também fez sete jogos pela Seleção Brasileira. Ele é natural de Bento Gonçalves e está com 45 anos.

Sua estreia como técnico se deu no Aimoré, de São Leopoldo. Durante quase um ano no cargo, o comandante conquistou o vice-campeonato da Copa FGF de 2017 e garantiu vaga na Copa do Brasil deste ano. Ainda em 2018, foi campeão da Divisão de Acesso e confirmou presença no Campeonato Gaúcho de 2019.

EMPRESÁRIO DE JOGADORES 

Fernando Otto é hoje um dos mais bem sucedidos empresários de jogadores de futebol. Ele é sócio majoritário da Sport Quattro, que tem sede em Porto Alegre e filiais na Europa, Oriente Médio e Estados Unidos. Otto já executou uma parceria com o Santo Ângelo, sendo que neste período revelou o volante Charles para o Internacional, em 2015.

Foto: Cristiano Wildner / Folha do MateAssembleia contou com bom número de conselheiros, que aprovaram ações na gestão
Assembleia contou com bom número de conselheiros, que aprovaram ações na gestão