fechar

Pra cima deles, Brasil!

Hoje tem quartas de final com Uruguai x França, às 11, e Brasil x Bélgica, às 15h

por: Roni Müller
Data: 06/07/2018 | 09:00
Foto: Lucas Figueiredo / CBF/DivulgaçãoGoleiro Alisson sofreu apenas um gol até agora na Copa
Goleiro Alisson sofreu apenas um gol até agora na Copa

Depois do recesso de dois dias sem jogos, a Copa do Mundo da Rússia volta a mil. Hoje serão conhecidos os primeiros semifinalistas e que na sequência irão disputar uma das vagas à final. Amanhã tem mais dois jogos. Para os brasileiros, hoje é tudo ou nada. É 'mata' contra a Bélgica, a partir das 15h, em Kazan.

No Grupo 'G' da primeira fase, a Bélgica 'passou voando'. Venceu os três jogos que disputou: 3 a 0 diante do Panamá, 5 a 2 frente a Tunísia e 1 a 0 contra a Inglaterra. No primeiro mata-mata, a seleção belga passou pelo Japão. Depois do 'susto' de 2 a 0, a equipe virou o marcador para 3 a 2.

Diante de tantos gols marcados (12), a Bélgica tem o melhor ataque entre as oito seleções classificadas.

Pelo lado do Brasil também prevalece a invencibilidade. Líder do Grupo 'E' na primeira fase, o Brasil empatou na estreia contra a Suíça, 1 a 1. Depois emplacou duas vitórias de 2 a 0: contra a Costa Rica e mais tarde diante da Sérvia. Na eliminatória passou pelo México, quando voltou a fazer 2 a 0.

Diante das campanhas invictas de ambas seleções, outra 'particularidade' em disputa é que o confronto terá frente a frente a melhor defesa diante do melhor ataque. Contra a meta de Alisson, por exemplo, foram somente quatro as finalizações até agora.

O Brasil, em campo, terá 'outra cara'. A primeira mudança confirmada pelo técnico Tite é o retorno de Marcelo à lateral esquerda. Filipe Luís foi bem nos dois jogos em que atuou mas Marcelo é o titular da posição. O volante Casemiro, suspenso pelo cartão amarelo, está fora. Em seu lugar está confirmada a entrada de Fernandinho. Assim o Brasil está escalado com Alisson, Fágner, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Fernandinho, Paulinho, Phillipe Coutinho e Willian; Neymar e Gabriel Jesus.

Dentro do rodízio proposto desde que assumiu o comando da Seleção, Tite vai optar outra vez pelo zagueiro Miranda para ser o capitão do Brasil diante da Bélgica. O camisa 3, um dos mais experientes do grupo, volta a receber a braçadeira nesta Copa. Sua estreia na função em Mundiais foi na terceira rodada da primeira fase, contra a Sérvia.

Quando o Brasil entrar em campo para enfrentar a Bélgica, já saberá quem será o seu adversário nas semifinais, caso seja o vencedor do jogo. O adversário sai do duelo entre Uruguai x França, que se enfrentam às 11h.

Amanhã, em Samara, tem Suécia contra a Inglaterra, às 11, em Samara. A fase quartas de final se encerra às 15h, em Sochi, com Rússica x Croácia.