fechar

Grêmio é o campeão gaúcho 2018

Em Venâncio Aires o título foi comemorado com carreata e também com caminhada pelo centro da cidade

por: Cristiano Wildner
Data: 08/04/2018 | 18:10
Foto: Cristiano Wildner / Folha do MateEm Venâncio uma carreata superior a meia hora foi realizada no Centro
Em Venâncio uma carreata superior a meia hora foi realizada no Centro

Os gremistas comemoraram na tarde deste domingo, 8, a conquista de mais um título: o de Campeão Gaúcho. Depois de um início conturbado na competição, o Tricolor se reergueu e nesta tarde, sagrou-se campeão do estadual. Em Venâncio Aires o título foi comemorado intensamente no Centro da cidade. Carreata com mais de meia hora de duração e caminhada transcorreram na rua Osvaldo Aranha.

Depois de vencer o Brasil de Pelotas na Arena no último dia 1º, por 4 a 0, no jogo de ida da fase final, o Grêmio viajou a Pelotas. Com vantagem, enfrentou novamente o Xavante nos últimos 90 minutos da competição. Venceu por 3 a 0, com golaços que coroaram a conquista.

Como se esperava, o duelo começou disputado, com ambas equipes criando oportunidades. Mas foi na etapa complementar que a história mudou. Logo no início, Leandro Leite, que já havia recebido um cartão amarelo no primeiro tempo, foi expulso por cometer uma falta em Jael.

A partir daí, a superioridade gremista prevaleceu. Enquanto os donos da casa passaram a jogar retrancados, os gremistas atacaram. Aos 36 minutos, na sua primeira oportunidade após ocupar o lugar de Luan na partida, Cícero foi certeiro - Léo Moura acionou Thonny Anderson, que cruzou para o meia. De carrinho, em posição legal, estufou as redes de Marcelo Pitol.

Não demorou muito e aos 40", para abrilhantar ainda mais o título Gaúcho que se aproximava, Alisson marcou um golaço. O atacante dominou, puxou pra perna direita e mandou no ângulo.

E não bastavam dois. Aos 44", Maicon fez um grande lançamento para Léo Moura, que recebeu na área, e deslocou Marcelo Pitol, assinando o terceiro, coroando a campanha tricolor como a melhor hoje no Gauchão.

De visto inicialmente como possível rebaixado, agora o time com o melhor futebol ergue a taça de Campeão Gaúcho de 2018.

Primeiro tempo

A primeira oportunidade foi criada pelos donos da casa, que aos 2 minutos, em cobrança de escanteio, levaram perigo para a área. A bola foi colocada direto na área, mas Marcelo Grohe saiu para fazer a defesa. Já o Grêmio teve uma cobrança a seu favor dois minutos depois; a bola foi alçada no segundo poste, passou por todo mundo, mas não houve finalização.

Foi aos 6 minutos que o Tricolor criou e chegou com perigo no campo de ataque. Luan cobrou uma falta direto na cabeça de Ramiro, que desviou a gol; por pouco não abriu o marcador. Logo na sequência, descendo pela direita, Luan acionou Léo Moura entre dois marcadores. O lateral fez o cruzamento, mas a defesa interceptou a jogada.

O Brasil quase abriu o placar aos 12", quando Alisson Farias arriscou um chute de longa distância que explodiu na trave. Por sorte, saiu!

Aos 18 minutos, o Tricolor tramou boa jogada. Trocando passes, a bola chegou a Luan, que se livrou da marcação e achou Jael dentro da grande área. O centroavante dominou, girou o corpo e chutou, mas a bola saiu à esquerda do arqueiro xavante.

Em contra-ataque rápido, os adversários saíram em velocidade com Alisson Farias, que chegou em frente a área e rolou para Calyson arrematar. A bola saiu com muito perigo. Em resposta, Jael recebeu na esquerda e chutou cruzado. A bola passou raspando a trave de Marcelo Pitol.

Com 30 minutos de jogo, o Grêmio teve outra oportunidade. Ramiro cobrou escanteio na cabeça de Everton, que desviou, mas o goleiro fez a defesa. Da intermediária, pela esquerda, Luan cobrou uma falta, mas Pitol saiu de soco.

O Tricolor ainda teve uma boa falta a seu favor na primeira etapa. Luan cobrou e mandou com muito perigo. A bola bateu na rede, pelo lado esquerdo. Em seguida, Jael deu bom passe para Luan, dentro da área. O atacante finalizou, mas Marcelo, mais uma vez, defendeu.

Jogo finalizou aos 47 minutos.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.

Quem teve a primeira chance foi o time da casa, com uma cobrança de falta da intermediária feita por Ednei, mas a defesa gremista afastou a bola.

Aos 3 minutos, Jael saiu em velocidade pelo meio-campo, mas acabou puxado e derrubado por Leandro Leite, que foi expulso da partida por já ter um cartão amarelo.

Mesmo com um jogador a menos, o Brasil tentou o gol. Calyson serviu Valdemir, que recebeu, puxou pra perna direita e chutou forte, mas pra fora.

Já o Grêmio quase abriu o marcador aos 10". Arthur fez um bom lançamento para Everton, que chutou a gol, mas Marcelo Pitol defendeu. No rebote, Luan mais a direita finalizou, mas mandou na rede, pelo lado de fora.

Por detalhe o Tricolor não marcou aos 20", quando Pitol defendeu um chute de Everton e por pouco não deixou a bola escapar e morrer no fundo das redes.

A primeira substituição gremista foi feita aos 21 minutos. Renato tirou Jael para colocar Thonny Anderson.

Aos 26", o Brasil teve uma falta a seu favor da intermediária de ataque. Edenei colocou na área, mas Cortez afastou de cabeça. E o Grêmio respondeu com uma jogada pela direita. Luan inverteu o jogo, serviu Ramiro que acionou Léo Moura na linha de fundo. O lateral cruzou, a bola ficou viva na área, mas depois acabou se perdendo pela lateral.

A segunda alteração feita pelo técnico gremista ocorreu aos 28". Ramiro saiu para Alisson ocupar sua posição. Na terceira, Renato tirou Luan e colocou Cícero, aos 34".

Aos 36 minutos o Tricolor conseguiu abrir o marcador. Na sua primeira oportunidade, Cícero foi certeiro. A jogada se desenhou com Léo Moura, que acionou Thonny Anderson. O meia cruzou para Cícero, que de carrinho, em posição legal, estufou as redes de Marcelo Pitol.

Não demorou muito e aos 40", para abrilhantar ainda mais o título Gaúcho que se aproximava, Alisson marcou um golaço. O atacante dominou, puxou pra perna direita e mandou no ângulo, coroando a campanha tricolor, a melhor hoje no Gauchão.

Não demorou muito e aos 40", para abrilhantar ainda mais o título Gaúcho que se aproximava do Grêmio, Alisson marcou um golaço. O atacante dominou, puxou pra perna direita e mandou no ângulo. Jogo finalizou aos 45". A arbitragem foi comandada por Leandro Vuaden, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Lúcio Beiersdorf Flor.