fechar

Empate e derrota na ida da semi do Regional

Palanque ficou no resultado de igualdade diante do União Carneiros e Flor de Maio foi derrotado pelo 7 de Setembro, em Capitão

por: Daniel Heck
Data: 14/11/2017 | 08:30
Foto: Daniel Heck / Folha do Matemomento do gol do atacante jones (7) diante do união carneiros, ficou tudo para o jogo de volta
Momento do gol do atacante Jones (7) diante do União Carneiros, ficou tudo para o jogo de volta

A rodada ficou sem vitórias para os times de Venâncio Aires nos jogos de ida da semifinal do Campeonato Certel/Sicredi Regional da Aslivata. O Palanque empatou com o União Carneiros, em Lajeado, e o Flor de Maio perdeu para o 7 de Setembro, em Capitão.

Flor de Maio

O Flor de Maio começou a semifinal do Regional com derrota para o 7 de Setembro. Jogando em Capitão, a equipe de Venâncio Aires criou boas oportunidades, mas jogando um jogador a menos, não conseguiu reagir na busca pelo empate.

Com chance de marcar duas vezes, o Flor de Maio viu os donos da casa abrirem o placar aos 33 minutos da etapa inicial, com o zagueiro Jeison. Sete minutos depois, o 7 de Setembro ampliou com o camisa 10 Ederson, em cobrança de pênalti. No lance, o zagueiro Matheus Xavier foi expulso e acabou quebrando o braço na jogada.

O Flor de Maio descontou aos 44 minutos, com o meia Tiago Lucke. Na volta do segundo tempo, a equipe chegou com perigo, mas não converteu em gols. O 7 de Setembro fechou o placar aos 27 minutos com Marcus Lourenzi.

O técnico Gilmar Mohr escalou a equipe com Dick, Ozi, Matheus Xavier, Paulinho e Dudu Kaufmann; Dieison, Beto, Tiago Lucke e Rafael Bitencourt; Ceará e Marcus Konzen. Entraram ainda: Dani Martins, Tiago Rosa e Tigrinho.

No jogo de volta, o Flor de Maio precisa vencer em casa, por qualquer placar, para forçar as penalidades. O empate favorece ao 7 de Setembro.

Palanque

Diante do 'temido' União Carneiros, o Palanque não se acovardou e mostrou ímpeto ofensivo para fazer um jogo nivelado em Lajeado. O placar de 1 a 1 deixa a definição do finalista para o jogo de domingo, em Venâncio Aires. O Palanque precisa vencer, por qualquer placar, ao União Carneiros o empate basta.

O time de Venâncio Aires começou bem no jogo, criando boas jogadas e mostrando muita raça. Os donos da casa se assustaram com a postura do adversário e não seguraram o atacante Jones, que abriu o placar aos 17 minutos. O técnico Sírio fez duas alterações ainda no primeiro tempo e conseguiu marcar aos 40 minutos, com o atacante Biel, que havia entrado em campo instantes antes.

Na segunda etapa, o União Carneiros teve um jogador expulso, mas o Palanque optou por ter uma postura mais defensiva, evitando uma surpresa do time de Lajeado.

O técnico Cléber Eisermann escalou o Palanque com Alencar, Léo Scherer, Nega, Rodrigo e Geison; Vinícius, Bocão, Nicinho e Jones; Léo Scienza e Colares. No decorrer do jogo entraram Adrian, Murilo, Aurélio e Vagner Mânica.