fechar

Domingo é dia de curtir arrancadas em Venâncio

por:
Data: 14/04/2018 | 15:00

Quem passa pelo Acesso Imperatriz Dona Leopoldina já percebe presença das arquibancadas que abrigarão o público durante a Primeira Etapa do Festival Metropolitano de Arrancadas em Venâncio Aires neste fim de semana. 

O evento, que modificará a rotina da Capital do Chimarrão a partir das 4h do domingo, 15, com o fechamento do tráfego de veículos no trecho entre o trevo de acesso a Venâncio Aires e as proximidades da sede da Comunidade Nossa Senhora Aparecida, deve reunir mais de 60 pilotos, vindos de toda a região metropolitana, do Vale do Taquari e ainda de outras regiões do estado. 

Na pista, com 201 metros disponibilizados para a competição e mais 300 metros para frenagem, os participantes, divididos em 13 categorias, seis de carros e sete de motos, irão dar um show de adrenalina e velocidade. Assim como os organizadores do festival, os pilotos que participarão do evento também estão engajados na preparação de seus veículos de competição e as últimas semanas estão sendo de muito trabalho. Entre os representantes de Venâncio Aires está o proprietário da Luciano Construções, Luciano Delavi, 23 anos.

Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do Mate Luciano Delavi é piloto há cerca de um ano e será um dos representantes de Venâncio no Festival de Arrancadas
Luciano Delavi é piloto há cerca de um ano e será um dos representantes de Venâncio no Festival de Arrancadas

O jovem iniciou na 'lida de piloto' há cerca de um ano, quando comprou seu primeiro carro, um Gol Bola, motor AP 2.0 turbo, já preparado para esta finalidade. De acordo com ele, as últimas três semanas estão sendo de muito trabalho para realizar os ajustes e regulagens no veículo. 

Delavi, que desde criança cultiva o gosto pela velocidade, conta que foi por meio da convivência com os amigos Jonas Simon e Hector Vitor Theis, que são pilotos, que viu a oportunidade de participar de competições como essa, em que a velocidade é a uma das principais características. 'A forma de pilotar é próxima a de dirigir. No entanto, é tudo muito rápido', relata o piloto.

CONCENTRAÇÃO 

Outro representante de Venâncio é o empresário Jonas Simon, 31 anos, que, além de piloto, também atuará como preparador de oito carros no domingo. Simon relata que há 16 anos é piloto de corrida. Iniciou pelo kart, sendo, inclusive, campeão gaúcho nesta modalidade, e depois os 'brinquedos aumentaram', como ele mesmo se refere ao dizer que passou a competir com carros para disputar as provas.

A paixão pela velocidade existe desde criança e, de acordo com ele, só aumenta. 'É um esporte em que o piloto cada vez se apaixona mais, pois a adrenalina é o que nos motiva.'. O trabalho em equipe também é apontado por ele como sendo fundamental, pois é necessário estar bem assessorado para competir, além, claro, da preparação constante do veículo. 'A preparação nunca termina. A gente sempre está desenvolvendo coisas novas em busca de melhores resultados', destaca.

Foto: Taís Fortes / Folha do Matelém de piloto, Jonas Simon é preparador de carros para os arrancadões
lém de piloto, Jonas Simon é preparador de carros para os arrancadões

Entretanto, outros dois pontos, também, essenciais em provas de arrancada são a concentração e a agilidade do piloto. 'O principal diferencial de um piloto para o outro é o nível de concentração e a dedicação dele para com o carro. Depois que tu entras no carro, afivela o cinto e coloca teu capacete, é necessário esquecer o mundo lá fora. Tu precisas ter total concentração para o que pode acontecer: tanto para o seu desempenho, quanto para segurança, se caso, acontecer alguma coisa você poder ter reação o mais rápido possível', explica.

Simon ainda ressalta que a sensação do piloto é de muita adrenalina durante a prova, e ao mesmo tempo, de dever cumprido quando se obtêm um resultado positivo. 'Tem pilotos que quando sentam no carro e colocam o capacete chegam a soar frio da adrenalina que corre', compartilha.

 O CARRO

1 Por fora ele parece igual aos demais carros que circulam pelas ruas. No entanto, é só chegar mais perto e observar para perceber as diferenças. De acordo com o piloto Luciano Delavi, apenas a estrutura do veículo é usada, pois os demais componentes, como motor, caixa de câmbio, suspensão, rodas e pneus sãos preparados para as corridas. Além disso, o combustível usado nesses veículos é o metanol, também conhecido como álcool metílico.

Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do MateInterior do veículo também é diferenciado
Interior do veículo também é diferenciado

2 No interior do veículo existe uma gaiola de proteção, chamada de Santo Antônio. 'Caso ocorra algum acidente, o piloto está totalmente protegido para não se machucar', pondera o piloto e preparador de carros Jonas Simon. Além disso, o cinto e o banco do carro também são especiais para a competição.

3 Os carros preparados para a corrida só podem andar na pista. Por isso, os deslocamentos até os locais de eventos são feitos, de acordo com Luciano Delavi, normalmente, com o auxílio de carretões.

4 Os treinos só podem ser feitos com a estrutura adequada, incluindo os fatores de segurança. Desta forma, não é possível fazer isso quando quiser, somente em dias de eventos.

5 Em provas como as de domingo, com 201 metros destinados à competição e outros 300 à frenagem, Delavi explica que o carro pode alcançar entre 170 e 180 quilômetros por hora, o que significa que ele passa pelo trajeto em cerca de sete segundos. 'Por isso, qualquer erro pode causar danos para o carro e fazer com que o participante perca a prova', observa.

6 De acordo com Simon, a velocidade pode aumentar, de acordo com cada categoria. 'Em pistas oficiais de competição, têm veículos que nos 201 metros fazem acima de 250 quilômetros por hora', relata.

Programação 

A programação está agenda para iniciar às 8h com inscrições e vistorias, seguindo para os treinos livres a partir das 9h. Às 11h15min está agendado o briefing e o início das tomadas de tempo às 11h30min. A etapa 'mata-mata' começa a partir das 16h e o encerramento da competição está programado para as 18h com entrega das premiações.

Ingressos 

Os ingressos antecipados para arquibancada ao valor de R$ 15 podem ser adquiridos até hoje, nos seguintes pontos: Viasom Auto Center, Mecânica Motorpoint, FT Calhas, Casa Lopes e Tiago Pneus. Na hora também serão comercializados ingressos para arquibancada ao valor de R$ 20. Além disso, os ingressos para o box serão vendidos apenas no dia do Festival e custarão R$ 30.