fechar

Assoeva enfrenta o Corinthians pela LNF

por: Roni Müller
Data: 02/05/2015 | 06:00

Se não a melhor, mas sem dúvida nenhuma uma das melhores equipes da Liga Futsal a Assoeva/Unisc/ALM irá enfrentar neste sábado, 2, na quadra do ginásio Poliesportivo. O Corinthians, com 11 pontos, é o atual líder da Liga Nacional de Futsal. A Assoeva, com 10, é a quinta colocada. Diante desta diferença mínima, a equipe de Venâncio Aires, se vencer, pode inclusive assumir o topo da tabela.

Em mais uma rodada dupla pela LNF, a Assoeva vem de três resultados positivos. Venceu o Unisul fora de casa e diante dos paulistas, entre eles o Brasil Kirin, no fim de semana passado, obteve mais dois trunfos. "O momento é muito bom. A carga de jogos tem pesado. Praticamente a cada dois dias tem um 'leão' pra gente derrubar. As dificuldades são impostas mas o importante é que a equipe vem correspondendo. A sequência é boa na Liga, tanto que agora temos um adversário pela frente onde está em jogo a disputa pela liderança. Penso que é jogo para o torcedor vir e dar aquele incentivo pra gente. O apoio foi fundamental na semana passada e não será diferente agora", destaca o ala Bruninho que tem um gol pela Assoeva na competição nacional.
"Vamos enfrentar uma equipe equilibrada, muito rápida e acima de tudo, experiente. O Corinthians tem um plantel de dar inveja e vem para a região sul defendendo a condição de líder. Pela frente temos mais uma rodada dupla contra os paulistas a exemplo da semana passada. Vamos pensar jogo após jogo. O desgaste é evidente por toda a equipe que tem uma maratona de jogos. Além disso tem a carga de jogos, uma ou outra lesão, suspensão. Tudo precisa ser bem analisado. De concreto é que estamos preparados para mais um desafio e dentro do Poliesportivo a Assoeva é ainda mais forte", avalia o técnico Fernando Malafaia.
Depois do jogo em meio a semana pelo Estadual de Futsal, o grupo de atletas se apresentou na tarde de quinta-feira. O grupo trabalhou no feriado e agora espera o jogo contra o líder que ao longo do sábado deve movimentar sua equipe num 'bate-bola' no Poli.