fechar

Emei Osmar Puthin recebe crianças no Programa de Férias

por: Juliana Bencke
Data: 08/01/2019 | 09:00

A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Osmar Armindo Puthin, no bairro Cruzeiro, é o endereço para 134 crianças, ao longo deste mês. Desde a quarta-feira da semana passada até 31 de janeiro, alunos cujos pais estão trabalhando, durante as férias coletivas das Emeis, participam do Programa de Férias. A iniciativa da Administração Municipal é realizada pelo segundo ano, em Venâncio Aires.

Diretora da escola durante o Programa de Férias, no turno da tarde, Luci Diane Posselt explica que, a maioria das crianças chegou à Emei ontem e a expectativa é de que até amanhã todos os inscritos já estejam participando do projeto. 'Em torno de 90% das crianças já estão aqui. São alunos de todas as 12 Emeis de Venâncio', comenta.

Para garantir o atendimento no mesmo horário que as escolas funcionam durante todo o ano - de segunda a sexta-feira, das 6h30min às 16h30min -, uma equipe de 56 profissionais, além dos diretores, atua na instituição.

Foto: Rosana Wessling / Folha do MateAo longo do mês, brincar é a palavra de ordem na escola, que recebe alunos das 12 Emeis de Venâncio Aires
Ao longo do mês, brincar é a palavra de ordem na escola, que recebe alunos das 12 Emeis de Venâncio Aires

A exemplo dos alunos, vindos de diferentes estabelecimentos de ensino, servidores de diferentes escolas integram a equipe de trabalho na Emei Osmar Puthin, ao longo de janeiro. 'São monitores e agentes escolares que trabalham para oferecer as atividades recreativas, as refeições para as crianças e realizar a limpeza da escola', explica Luci.

Ela ressalta que, durante o Programa de Férias, todas as atividades são recreativas. 'São brincadeiras na pracinha, brincadeiras de roda, contação de histórias, tudo o que é lazer, para que eles possam brincar e realmente estar de férias', enfatiza.

A diretora explica que as duas únicas rotinas do ano letivo mantidas são 'a hora do soninho' e a alimentação. Ao todo, são cinco refeições ao longo do dia: café da manhã, lanche, almoço e dois lanches à tarde.

Foto: Rosana Wessling / Folha do Mate134  crianças estão inscritas no Programa de Férias e participam das atividades na Emei Osmar Puthin, até dia 31.
Ao todo, 134 crianças estão inscritas no Programa de Férias e participam das atividades na Emei Osmar Puthin, até dia 31

Adaptação

Considerado uma alternativa às famílias que não têm com quem deixar os filhos, no período em que as Emeis estão fechadas, o Programa de Férias reúne crianças de diferentes escolas, em um local desconhecido para a maioria e com profissionais aos quais não estão acostumadas, o que exige um tempo de adaptação.

A monitora de educação infantil Marciele Pedroso, que atua pela primeira vez do programa, afirma que o afeto é a principal ferramenta para facilitar a adequação e tornar o momento agradável para as crianças. 'Algumas ficam encabulados, sentem falta dos pais, mas buscamos compensar com carinho, dando um colinho a elas e deixando que escolham os brinquedos e fiquem à vontade', diz.

Direito a férias

Para que os filhos participem do Programa de Férias, os pais precisam assinar um termo de responsabilidade, no qual informam que não podem tirar férias no mesmo período e se comprometem a oportunizar o período de 30 dias de descanso ao menor, quando desfrutar das suas férias. 

A medida busca garantir que seja cumprido o direito de convivência familiar e lazer, estabelecido no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Famílias que não respeitarem o período de férias do aluno, ao longo do ano, perdem o direito de frequentar o Programa de Férias no ano seguinte.