fechar

“A Festa do Chimarrão será nossa eterna marca”

por:
Data: 14/10/2015 | 08:43
Foto: Arquivo Pessoal Márcia Streich, Viviane Mengue Pegoraro e Rosângela Machado formaram a corte da 5ª Fenachim, no ano de 1996
Márcia Streich, Viviane Mengue Pegoraro e Rosângela Machado formaram a corte da 5ª Fenachim, no ano de 1996

Viviane Mengue Pegoraro foi a rainha da 5ª Fenachim. Ao lado das princesas Márcia Streich e Rosângela Machado, representou a Festa Nacional do Chimarrão em 1996. Mas a Fenachim e o Parque Municipal do Chimarrão entraram muito antes em sua vida e fazem parte dela até hoje. 'Eu vivia lá dentro, eu era muito amiga das filhas do presidente da 1ª Fenachim, Jader da Rosa. Com uns 9, 10 anos, nós ficávamos brincando lá, escorregando com a casca de coqueiro nas ladeiras, então quando estavam construindo o Parque, eu já estava lá dentro.'

Aos 19 anos foi convidada pela Caixa Econômica Estadual, onde trabalhava como estagiária, para representá-la no concurso. 'Me inscrevi no último dia, estava naquela dúvida se iria participar ou não'. Antes disso, seu contato com concursos tinha sido apenas a participação na 1ª edição do Garota Nossa Capa, promovido pela Folha do Mate; além de desfiles para lojas como manequim.

Depois da coroação do trio, que ocorreu na Sociedade de Leituras, iniciou o período de divulgação da quinta edição da Festa Nacional do Chimarrão. 'Nós visitamos cerca de 70 municípios. Todos os dias acordávamos pelas cinco horas, às vezes, ainda nos arrumávamos no salão e em outras ocasiões nós nos ajeitávamos em casa mesmo.' Além da rotina de muitos compromissos, Viviane relata o desgaste físico durante a divulgação. 'Eu tinha muito enjoo. As gurias sempre se preocupavam muito comigo, a Donaide já saía de casa com remédios, mas uma vez passei muito mal e deixamos de cumprir agenda.' A rainha destaca que a partir disso, o trio, junto com o casal presidente Alécio e Donaide Moraes formou uma verdadeira família. 'Eles foram maravilhosos, nos adotaram por um bom tempo. Hoje ainda temos contato, temos um grupo no WhatsApp, onde seguidamente relembramos histórias e fatos da época da Festa. E nós três sempre estamos juntas.'

Os vestidos, segundo Viviane, geraram uma grande expectativa. Os trajes foram desenhados e confeccionados pelo Atelier de Roberto Rayffone, de Porto Alegre. 'Estávamos bem empolgadas para recebê-los logo.'

Mas antes mesmo de iniciar, a Festa já deixou lembranças das quais Viviane nunca esqueceu. 'Tinham tratativas dos Mamonas Assassinas virem para fazer show na Festa e em março acabaram morrendo naquele acidente. Nunca mais me esqueço que a Donaide me ligou avisando do acidente e ficamos muito tristes.'

Além disso, ainda teve a visita à Brasília, onde tiveram a oportunidade de conversar com o então ministro do esporte, o ex-jogador Pelé, além de senadores e deputados federais. A Festa, que se estendeu de 3 a 12 de maio, ainda foi marcada pelos shows de João Paulo e Daniel, Amado Batista, Só Pra Contrariar e Sandy e Júnior.

Viviane ainda destaca que tudo só foi possível com o apoio da família. 'A família toda é envolvida, o pai e/ou namorado levavam para o salão ou buscavam em outros lugares, a mãe levantava cedo para fazer o café da manhã, também durante a Festa, tudo era a pé, em cima do salto, então chegávamos em casa e a mãe dava um jeito de preparar uma água morna e cuidar das bolhas nos pés, então acabaram entrando junto na correria da Festa.'

20 anos depois

Foto: Rosilene Müller / Folha do MateAtualmente, Viviane, que é formada em Serviço Social, é chefe de gabinete na Câmara de Vereadores de Venâncio
Atualmente, Viviane, que é formada em Serviço Social, é chefe de gabinete na Câmara de Vereadores de Venâncio

Depois da Festa, Viviane passou a trabalhar por alguns anos no comércio da família. Cursou e se formou em Serviço Social, pela Universidade de Santa Cruz do Sul. Em 2008 começou a trabalhar como assistente social na Prefeitura. E desde 2013 é chefe de Gabinete na Câmara de Vereadores de Venâncio Aires.

Em meio a caminhada profissional sempre teve a parceria do marido Alvaro Pegoraro, com quem já namorava, há três anos, no seu reinado da Fenachim. Um ano depois da Fenachim, o casal passou a morar junto e, mais tarde, casaram no civil. Da união, nasceu Vítor, que hoje está com 10 anos.

Por seguir em Venâncio, Viviane, hoje com 39 anos, segue tendo um envolvimento com a Festa. 'Sempre estou acompanhando de perto, na última edição estava lá com um estande da Câmara de Vereadores, então enquanto estiver aqui, quero sempre fazer parte dessa Festa, que é nosso orgulho maior.'