fechar

Biblioteca destina revistas e livros para ressocialização de apenados

por:
Data: 16/06/2014 | 12:42

A Biblioteca Pública Municipal irá ceder livros e revistas para auxiliar na ressocialização dos futuros apenados da Penitenciária Masculina de Venâncio Aires. O material é composto por aproximadamente 400 livros e mil revistas que constam em duplicidade no acervo. A separação das publicações, que serão entregues à Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) do Estado, iniciou nesta segunda-feira, 16, em conjunto com as obras da Biblioteca.

Foto: Geferson Kern / AI PrefeituraPrefeito Airton Artus, agente Roque dos Santos e equipe da Secretaria da Cultura, liderada pelo secretário Lucas Ferreira, acompanham destinação de livros e revistas para a Susepe
Prefeito Airton Artus, agente Roque dos Santos e equipe da Secretaria da Cultura, liderada pelo secretário Lucas Ferreira, acompanham destinação de livros e revistas para a Susepe

Conforme o agente penitenciário Roque Valmor dos Santos, alguns juízes já tem aceito que a leitura auxilie a reduzir o tempo de reclusão dos apenados. 'Há casos em que o apenado pode diminuir sua pena em até três dias a cada vez que ler um livro', destacou. 'Para tanto, ele precisa comprovar a leitura através da produção de uma resenha, que é corrigida por um professor especialmente designado para tal', disse Santos.

O acervo destinado à ressocialização dos apenados inclui obras de autores renomados da literatura brasileira, como Machado de Assis, José de Alencar e Jorge Amado. 'A leitura é uma possibilidade maravilhosa, que amplia horizontes e fará com que os apenados percebam que há outro mundo para ser vivido', destacou o prefeito Airton Artus, que acompanhou o ato. A separação dos livros e revistas coincidiu com o início das obras de modernização da Biblioteca Municipal, que ficará fechada até o próximo dia 7 de julho.

Ajuda religiosa

Além da literatura, a religião será outra ferramenta buscada para ajudar na ressocialização dos apenados da nova Penitenciária. Conforme o agente Roque Valmor dos Santos, a Susepe já iniciou tratativas com a Paróquia São Sebastião Mártir para que encontros religiosos sejam realizados nas instalações da casa prisional. Ainda é estudada a oferta de cursos de capacitação através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) no presídio, que deverá começar a receber a população carcerária no segundo semestre deste ano.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Venâncio Aires