Folha no Ar Terra

O legal e o moral

por: Sérgio Klafke
Data: 12/01/2019 | 01:03

Depois do motorista de um dos filhos de Bolsonaro não explicar movimentação de mais de R$ 1 milhão em suas contas no passado recente, a nomeação do filho do vice-Presidente General Mourão, para uma assessoria do presidente do Banco do Brasil, provoca desgaste no novo governo.
O filho de Mourão é funcionário de carreira do Banco do Brasil com 18 anos de casa e por merecimento tem direito a nomeação para a assessoria. Mourão defende que seu filho não foi promovido antes ao cargo por não ser do PT. A nomeação pode ser legal e merecida, mas moralmente soa como favorecimento no governo.

 

Comentários


PERFIL

Sérgio Klafke


Diretor de Conteúdo da Folha do Mate, com formação em Ciências Econômicas e registro de jornalista profissional provisionado, tem a vida de trabalho toda ligada ao jornal. Iniciou em julho de 1973, com 12 anos, quando a Folha do Mate tinha nove meses de circulação, como entregador de jornal. Nestes já 40 anos de Folha, atuou em todos os setores. Foi repórter, contato publicitário, diagramador, editor, coordenador comercial e diretor. Como colunista político nas últimas décadas, centra suas ações em palavras de apoio à todas as boas iniciativas e de cobrança àquilo que entende não estar correto.

BUSCA
CATEGORIAS
LINKS ÚTEIS
ÚLTIMOS POSTS