Guarani despacha o Galo

por: Rui Borgmann
Data: 27/04/2015 | 16:08

Foto: Rui Borgmann / Blog do RuiLima foi o autor do primeiro gol. Paulinho marcou os outros dois.
Lima foi o autor do primeiro gol. Paulinho marcou os outros dois.

Em dois jogos na Divisão de Acesso, o Índio foi superior e levou os seis pontos disputados contra o Galo.

Em Santa Cruz, vitória por 2 x 1 e domingo, no Edmundo Feix, fez 3 x 0.

O resultado não decretou o rebaixamento, mas dificultou uma possível classificação do rival.

Garantido na segunda posição do grupo B, o Guarani folga na última rodada e ganha mais tempo para se preparar e recuperar atletas, antes de voltar a campo pela segunda fase.

No clássico matutino de domingo, o Santa Cruz até rondou a meta do goleiro Rodrigo, que mais uma vez teve uma atuação segura.

Paulinho Simionato mostrou oportunismo e definiu o placar no segundo tempo.

O segundo gol foi o mais bonito. Numa triangulação de Dagoberto e Lima pela direita, o predestinado Paulinho balançou as redes e minutos depois fechou o escore.

Com 24 pontos, o Índio fecha a fase em segundo lugar, somente atrás do Pelotas.

Pentagonal
Na segunda fase, os cinco melhores de cada grupo avançam.

A FGF não valoriza as melhores campanhas e também não faz cruzamentos entre chaves, ou seja, os mesmos cinco duelam novamente em turno e returno pelas duas primeiras vagas.

Seria bem mais interessante eleger os primeiros colocados Pelotas e Glória como cabeças de chave e sortear os restantes dos grupos para não haver repetição.

Assim, o Guarani terá de enfrentar novamente Pelotas, São Gabriel, Inter-SM e provavelmente o Riograndense.


Rodada no feriado
O Guarani vai estar de folga, mas a rodada derradeira da primeira fase será realizada no feriado de sexta-feira.

A FGF acerta nesse sentido e foca todas as atenções apenas para o Gre-Nal de domingo.

No grupo A, Glória e São Luiz garantiram a classificação.

No grupo B, Pelotas, Guarani-VA, Inter-SM e São Gabriel estão na segunda fase.

 

Lei seca chega aos ginásios

por: Rui Borgmann
Data: 14/04/2015 | 07:54

Foto: Divulgação / Blog do RuiDiscussão sobre a venda de bebida alcoólica em jogos de futebol e futsal volta à discussão
Venda de bebida alcoólica em jogos de futebol e futsal volta à discussão

Já debati várias vezes este assunto e pelo jeito a discussão voltará à tona.

Demorou para a Brigada Militar proibir a venda de bebida alcoólica no ginásio poliesportivo em dias de jogos da Assoeva.

O Guarani não vende cerveja nas arquibancadas desde 2008 e, pior, nem chimarrão tem acesso liberado no Edmundo Feix, justamente a bebida símbolo do Município.

A venda de cerveja é uma das fontes de renda planejada pelos clubes.

Além disso, é um atrativo para muitos torcedores, que usufruem da copa para um bate-papo com os amigos.

Lamentavelmente, a briga em Teutônia, pela Copa dos Vales, foi preponderante para a suspensão provisória da comercialização da cerveja também no ginásio.

A direção da Assoeva tenta reverter a situação, baseando-se na lei que libera a venda para competições amadoras em quadras fechadas com capacidade inferior a 5 mil torcedores.

O Poliesportivo comporta 4.500 lugares e o presidente Vianei Hammes aguarda um parecer da BM para voltar a comercializar o produto no jogo de sábado, 18, diante da ACBF. 

 

Anseios distintos nas estreias da Assoeva

por: Rui Borgmann
Data: 10/04/2015 | 15:30

Foto: Assoeva Futsal/Divulgação / Blog do RuiAzulou a quadra do ginásio do Parque à espera das estreias
Azulou a quadra do ginásio do Parque à espera das estreias

O futsal de Venâncio estreia em dois campeonatos num intervalo de apenas dois dias.

Neste sábado inicia a Série Ouro, competição a qual a Assoeva foi finalista no ano passado, perdendo a decisão para o Atlântico na prorrogação.

O adversário só assusta no nome, já que a Afusca de Cachoeirinha não possui grandes investimentos.

No ano passado, em 22 jogos, foram apenas dois pontos somados em 66 em disputa. O saldo negativo foi de 78 gols.

Segunda-feira, pela Liga Nacional, a história será diferente e o confronto promete emoções.

Os times de Venâncio e Lajeado voltam a se encontrar após o tumulto generalizado pela Copa dos Vales.

Para o bem do esporte, esperamos um jogo disputado apenas na bola.

Recuperação rubro-negra

Foto: Rui Borgmann / Blog do RuiGuarani precisa das jogadas agudas do lateral-direito Tinga para obter um bom resultado em Santa Maria
Índio precisa das jogadas agudas do lateral-direito Tinga para obter um bom resultado em Santa Maria

O Guarani entra em campo neste domingo proibido de perder em Santa Maria.

Com 13 pontos e atualmente na vice-liderança da chave, um empate já estaria de bom tamanho no Presidente Vargas.

Uma nova derrota - perdeu duas seguidas para o Pelotas - decretaria a queda de mais uma posição na tabela.

Mesmo com cinco vagas à disposição e a vantagem de oito pontos sobre o sexto colocado, o Índio não pode dar chance para o azar.

Dos cinco embates que restam na primeira fase, apenas dois serão no Edmundo Feix, contra Rio Grande, no dia 15, e Santa Cruz, em 26 de abril.

O interior está aí
Primeiro o Inter, depois o Grêmio. Ambos passaram sufoco para avançar às semifinais do Gauchão.

A dupla não jogou mal, mas no tempo normal correu atrás do resultado contra Cruzeiro e Novo Hamburgo, duas equipes que merecem cumprimentos pelo desempenho na competição.

A defesa do Inter não emplaca. O mesmo ocorre com o ataque do Grêmio.

Se a dupla Gre-Nal chegou entre os quatro melhores nas cobranças de pênaltis, Juventude e Brasil de Pelotas avançaram com vitórias no tempo normal e certamente venderão caro a vaga na final.

Favoritismo
A fase de quartas de final envolvendo a dupla comprova que o futebol é o único esporte coletivo onde não há favorito; diferente do vôlei, basquete ou mesmo o futsal.

Com o calor e o nervosismo da decisão, o clube de menor expressão se organiza, põe o coração em jogo e tira forças sobrenaturais para se igualar ao de maior investimento.

Um minuto
# Esse jogo único da fase de quartas de final do Gauchão é bem diferente da disputa de 180 minutos. Se o time porventura não estiver num grande dia, o risco de ser eliminado é maior. Em dois jogos, há mais tempo para se recuperar.

# Atuação irrepreensível do goleiro Bruno Grassi, do Cruzeiro-Poa, no estadual. Certamente terá propostas de clubes envolvidos em competições nacionais neste segundo semestre.

# Diego Aguirre passou por um aperto sem tamanho quando o Inter levava 2 a 0 e se encaminhava para a desclassificação. O técnico precisou da experiência dos "cascudos" Ânderson, Rafael Moura e Lisandro Lopes para sair da enrascada.

# Pelo regulamento, em caso de empate em pontos, os gols marcados fora de casa serão critério de desempate nas semifinais e finais do Gauchão. Dois escores iguais levarão a pênaltis.

 
PERFIL


O esporte sempre esteve presente em minha vida, desde a infância. Como quase todo menino, meu sonho era ser jogador de futebol, mas confesso não sentir frustração alguma por não ter conquistado espaço nos gramados, à medida que uma minoria consegue realização plena na carreira de futebolista.
O Blog do Rui traz informação e opinião sobre o Guarani de Venâncio Aires, sobre a Assoeva na Liga Nacional e Estadual de Futsal, além dos demais esportes de destaque na região. A dupla Gre-Nal também recebe seu espaço.

Curta a FanPage no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Rui

'O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores'.
Mario Quintana

BUSCA
CATEGORIAS
LINKS ÚTEIS
ÚLTIMOS POSTS