Folha no Ar Terra

Ninguém mais dorme de sapato

por: Rui Borgmann
Data: 24/06/2016 | 07:54

Time de Venâncio empata em casa e é apenas 9° na classificação geral
Time de Venâncio empata em casa e é apenas 9° na classificação geral. Foto: Assoeva Futsal

Esta semana, as equipes a qual estamos acostumados a conviver e torcer não superaram agremiações consideradas de menor expressão no cenário brasileiro.

Na Liga Nacional de Futsal, a Assoeva tropeçou em casa diante do Guarapuava, até então o penúltimo colocado na classificação geral.

O Grêmio fez pior: perdeu longa invencibilidade na Arena para o Vitória, que rondava a zona de rebaixamento no Brasileirão.

Foto: Grêmio.net / Blog do RuiGrêmio a invencibilidade em casa no Brasileirão para o Vitória
Grêmio perde invencibilidade em casa no Brasileirão para o Vitória

Para completar, o vice-líder Internacional cedeu o empate para o Coritiba, 17° colocado na principal competição nacional

Acompanhe nos links a classificação e a tabela da LNF 2016 e do Brasileirão.

Campeonato Brasileiro

Liga Futsal 2016

 

Retrocesso rubro-negro: de líder à lanterna

por: Rui Borgmann
Data: 07/06/2016 | 09:29

Foto: Rui Borgmann / Blog do RuiAlexandre Lando, volante rubro-negro
Alexandre Lando, volante rubro-negro

O Guarani encerrou as atividades na temporada com mais uma derrota, desta vez para o Pelotas no Edmundo Feix.

Este foi o quinto jogo sem somar ponto na segunda fase da Divisão de Acesso.

Com oito vitórias e três empates na primeira fase - 27 pontos em 33 disputados - Tonho Gil obteve incríveis 82% de aproveitamento.

No Pentagonal, contra os mesmos adversários, o desempenho caiu subitamente.

Com uma vitória, um empate e seis derrotas, o aproveitamento é de apenas 16,6 %.

Foto: Rui Borgmann / Blog do RuiForam 23 gols na primeira fase e apenas quatro marcados no Pentagonal
Foram 23 gols na primeira fase e apenas quatro marcados no Pentagonal

Vaga no Gauchão

Apostava no crescimento do Avenida e na consolidação do Guarani no Pentagonal.

Não se confirmou.

Assim, o Caxias se mantém como favorito a retornar à elite.

Pelotas e Brasil de Farroupilha têm tradição e podem surpreender.

O União é a zebra.

Descrédito

Seleção Brasileira de Dunga não empolga.

Na estreia contra o Equador houve muita posse de bola e troca de passes, mas o ataque não consegue se impor.

Sem a movimentação e a criatividade de Neymar, a expectativa é mínima para o título.

Faltosos

Muitas faltas e cartões ajudam a manter o Inter como o mais indisciplinado do Brasileirão.

Grêmio está no mesmo caminho.

Empata em todos os critérios com o Corinthians na liderança, porém perde no quesito indisciplina.

Detalhes

O Vitória tem um time mediano, a Ponte Preta também.

O Grêmio fez sua parte na Arena, mesmo encontrando a vitória nos acréscimos.

O Inter perdeu para uma equipe, minimamente, ajeitada por Vagner Mancini.

A defesa errou uma vez e foi suficiente para a derrota.

Num campeonato tão equilibrado, o detalhe fará toda a diferença.

Ajustes

Grêmio e Inter não estão completos e os reforços serão importantes para a organização das equipes.

No Grêmio, alguns ajustes na defesa e no setor de marcação de meio-campo; no Inter, a prioridade é o setor criativo e a finalização.

Tite, a preocupação

O atual campeão Corinthians já tem tirado o sono dos postulantes ao título.

Tite monta o terceiro esquadrão na sua terceira passagem pelo Timão.

Ganhou o Brasileirão em 2011, a Libertadores e o Mundial em 2012.

Remontou novo grupo para o título brasileiro em 2015.

Agora, com uma equipe totalmente jovem e remodelada, chega à liderança do atual Brasileirão na sexta rodada.

Aposentadoria

Nascido em Ijuí, Paulo Baier pode ter feito a despedida dos gramados no empate por 0 x 0 entre São Luiz e União-FW.

Aos 41 anos, Baier é o vice-artilheiro do Brasileirão por pontos corridos, com 106 gols, perdendo apenas para Fred, do Fluminense.

 

O gol polêmico no Moises Lucarelli

por: Rui Borgmann
Data: 31/05/2016 | 08:26

Blog do Rui / Reprodução SporTV
dw

A estreia do venâncio-airense Jorge Eduardo Bernardi como auxiliar de arbitragem na principal divisão do campeonato brasileiro de futebol foi conturbada.

Envolvia o clube de maior torcida do país.

Para piorar o Flamengo está em crise, vindo de maus resultados.

No primeiro lance de maior importância, Dudu se precipitou e ergueu sua bandeirinha, anulando o gol de Wellington Paulista a favor da Ponte Preta.

O centroavante da Macaca recebeu cruzamento da esquerda em posição legal, desviou de cabeça e mandou para as redes.

Inicialmente o gol foi anulado por impedimento.

Segundos depois, Dudu conversou com o árbitro Ânderson Daronco e voltou atrás.

Blog do Rui / Reprodução SporTV
f

"Eu errei e corrigi".

O assistente teve humildade e hombridade para justificar o erro.

A alegação faz sentido: inicialmente Bernardi achou que Fábio Ferreira (esse sim, em posição de impedimento) tinha desviado de cabeça, e não Wellington Paulista.

Desfeita a confusão, o jogo seguiu e o Flamengo acabou vencendo por 2 a 1.

Parabéns ao venâncio-airense.

O gesto de assumir o erro certamente fará com que Jorge receba novas oportunidades no Campeonato Brasileiro.

Não será um lance isolado que irá prejudicá-lo.

Seu histórico de acertos é muito maior, tanto no Campeonato Gaúcho quanto nas divisões inferiores das competições nacionais em que trabalhou nos últimos anos.

NOTA -

Na noite de ontem, segunda-feira, a comissão nacional de arbitragem reviu e avaliou o lance.

A conclusão da comissão de arbitragem é de que Jorge Eduardo acertou ao anular o lance envolvendo o gol da Ponte.

Como o zagueiro Fábio Ferreira participa de forma indireta da jogada, voltando de impedimento e inclusive esbarrando no lateral-esquerdo Jorge, marcador de Wellington Paulista, o lance é considerado irregular.

Ou seja, Bernardi estava correto na marcação.

Como o lance não interferiu no resultado final - o Fla venceu por 2 a 1 - a arbitragem se exime de qualquer responsabilidade.

u

Na minha opinião, o lance é interpretativo, tanto que Wellington Paulista cabeceia de forma limpa, sobe sozinho e marca o gol da Ponte.

No ângulo de visão de Daronco, ele nota apenas a presença de Wellington e não de Fábio Ferreira, por isso volta atrás e confirma o gol.

Realmente a jogada é de extrema dificuldade de avaliação e certamente servirá de exemplo para discussão na arbitragem mundial.

Veja o gol da Ponte Preta marcado por Wellington Paulista

 
PERFIL


O esporte sempre esteve presente em minha vida, desde a infância. Como quase todo menino, meu sonho era ser jogador de futebol, mas confesso não sentir frustração alguma por não ter conquistado espaço nos gramados, à medida que uma minoria consegue realização plena na carreira de futebolista.
O Blog do Rui traz informação e opinião sobre o Guarani de Venâncio Aires, sobre a Assoeva na Liga Nacional e Estadual de Futsal, além dos demais esportes de destaque na região. A dupla Gre-Nal também recebe seu espaço.

Curta a FanPage no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Rui

'O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores'.
Mario Quintana

BUSCA
CATEGORIAS
LINKS ÚTEIS
ÚLTIMOS POSTS