Mas e não mais

por: Letícia Wacholz
Data: 08/01/2017 | 15:00

Leitor da Folha do Mate esteve na redação para alertar os responsáveis para um erro de português - existente há muito tempo - na placa de orientação aos usuários dos parquímetros, no centro da cidade.
A frase diz "o parquímetro não devolve troco, mais fraciona o tempo". O correto é dizer MAS e não MAIS.

Segundo ele, em tempos onde muito se escreve e lê errado, especialmente nas redes sociais, placas como estas contribuem para que as pessoas falem e escrevam errado.

O Guia do Estudante nos ensina o seguinte:
Muitas pessoas usam incorretamente 'mais' porque na linguagem oral do dia a dia, é o que elas ouvem (poucas pessoas falam exatamente 'mas'). Só que na linguagem culta e formal, exigida pelos vestibulares (e pela vida, no geral), não dá para justificar o erro.

O 'mas' é usado, principalmente, como conjunção que introduz uma contrariedade, uma adversidade. Já o 'mais' é, na maioria das vezes, um advérbio de intensidade e corresponde ao contrário de 'menos'.

Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do Mate.

 

Comentários


PERFIL


Notícia, comentários e opinião, a qualquer hora do dia. Este é o Mateando. Comandado pela editora Letícia Wacholz, o blog conta com a participação de toda a equipe de repórteres da Folha do Mate, que compartilha, por aqui, os bastidores da produção diária do jornal. Um espaço para ler, comentar e te acompanhar nas 'rodas de mate'.

BUSCA
CATEGORIAS
LINKS ÚTEIS
    ÚLTIMOS POSTS