Felipe Gedoz, do Guarani para a Libertadores

por:
Data: 12/03/2014 | 15:17

O atleta que foi destaque em vários meios de comunicação do Brasil, principalmente do RS, desde a noite de ontem, quando marcou dois gols pela Libertadores iniciou sua carreira em Venâncio. Pode até parecer bairrismo, mas é preciso e bom relembrar quem tem alguma ligação com nossa Capital do Chimarrão e além disso foi uma das 'crias' do bom projeto de categorias de base do Guarani.
Felipe Gedoz, natural de Muçum, conhecido por aqui por Tikta, atou nos Juniores do rubro-negro em 2011 trazido pelo então técnico Anderson Lima. Depois, já pelo empresário Eliomar Marcon, foi levado para o Uruguai, onde está até hoje, no Defensor, equipe que defende na disputa da Copa Libertadores da América.
No Guarani, na época, já provava que mais cedo ou mais tarde despontaria. No dia 1º de junho daquele ano foi ele que fez o gol da vitória de 1 a 0 do Guarani em cima do Grêmio no Edmundo Feix. O gol mais bonito de Felipe pelo rubro-negro foi em Lajeado, no dia 4 de junho, na derrota de 3 a 1. Ele marcou de falta, do meio da rua, um foguete na gaveta.
Na noite de terça-feira, 11, em Montevidéu, Felipe marcou os dois gols da vitória do Defensor em cima do Cruzeiro-MG e comandou o time uruguaio em campo. Aos 20 anos, ele tem três gols na competição, e dedicou a atuação e a vitória a um amigo e à família no Brasil. 'Foi um jogo especial, é para o meu amigo Anderson que faleceu há pouco tempo, essa vitória dedico a ele e à minha família, que está assistindo no Brasil. Minha mãe e meu pai moram lá, estou muito feliz pela vitória e a dedico ao povo de Muçum.' O jogador ainda relembrou a sua chegada ao futebol uruguaio a partir de Eliomar Marcon. 'Estava jogando a Série B do Gauchão, na equipe do Guarani de Venâncio Aires, onde conheci o meu empresário, que é brasileiro e que me trouxe para cá faz dois anos já, e graças a Deus estou feliz aqui.'
Foi com 7 anos que Tikta começou a se interessar pelo futebol de forma profissional. Frequentava escolinhas na cidade de Encantado e, aos 11, saiu de casa para treinar em uma escolinha no Juventude, em Caxias do Sul. Com apenas 13 anos foi para o Catar, na Arábia Saudita, onde permaneceu por dois meses participando de amistosos. No retorno ao Brasil, fez testes no Flamengo e no Criciúma. Com mais experiência, passou a jogar no Guarani.

E fica a pergunta no ar, quem será o próximo talento que vai surgir no gramado do Edmundo Feix? Marreta, talvez? Não se sabe, mas quando menos se espera um garoto desponta dando sequência ao ótimo trabalho feito nas categorias de base do Guarani, que sempre projeta atletas de grande nível para um futuro promissor. 

 

Foto: Arquivo / Folha do MateFelipe Gedoz atou nos Juniores do Guarani em 2011
Felipe Gedoz atou nos Juniores do Guarani em 2011

 

 

Comentários


PERFIL

Vanessa Behling


Nasci em Monte Alverne, 3º Distrito de Santa Cruz. Foi lá que nasceu o interesse pelo esporte, mais precisamente sobre o futebol. Desde pirralha acompanhava meu pai e meus irmãos nos jogos de futebol do interior, onde havia cachorro-quente com linguiça e briga de facão ao final da partida. Depois, na fase de estudante no Colégio Estadual Monte Alverne procurava sempre participar das competições e jogos, mas não sei por qual razão sempre era a última a ser escolhida para completar um dos times. Mas não me dei por vencida, fui para a faculdade, cursei 7 a nos e meio Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, onde me formei no dia 31 de agosto de 2013, e nesta trajetória fui trilhando meu caminho e procurando meu espaço como jornalista esportiva. Assim, durante esses quase seis anos atuando na área fui e sigo sempre buscando o aperfeiçoamento. Sou uma pessoa de sorte, pois trabalhar com o que se gosta é para poucos. Por isso digo, fazer o que a gente gosta, é 50% do 'fazer bem feito'.

BUSCA
CATEGORIAS
LINKS ÚTEIS
    ÚLTIMOS POSTS