Bolinho de chuva com banana

por: Beatriz Colombelli
Data: 10/06/2017 | 11:00

Foto: Beatriz Colombelli / Folha do Matexx

Os raios de sol vão iluminar o fim de semana, segundo as previsões do Climatempo. E que maravilha este reencontro com o "astro rei". Ele que tirou umas férias nas últimas semanas não deixou outra alternativa, a não ser preparar uma receita que tem tudo a ver com os dias de chuva. Mas como tudo na vida há que se olhar por vários ângulos, nossa receita é para comemorar um novo ciclo. Na verdade, o "bolinho de chuva" é para ser degustado em qualquer dia, com qualquer tempo e pedir 'bis'.

No entanto, nos dias frios ele é uma boa alternativa, ainda mais quando ao redor do fogão a lenha junto da família, com um prato recheado de bolinhos, histórias para relembrar e para contar às novas gerações.

Embora típico de Portugal, o bolinho de chuva ganhou o Brasil também por meio do programa Sítio do Pica Pau Amarelo. A série escrita pelo autor Monteiro Lobato, entre 1920 e 1947, trazia a cozinheira tia Nastácia sempre com os bolinhos para Pedrinho, Narizinho e à boneca Emília. Assim como a obra que atravessou gerações, o bolinho também.

Segundo pesquisas, o folclorista Luís da Câmara Cascudo (1898-1986) faz menção ao bolinho na obra 'História da Alimentação no Brasil'. Ele os compara com o 'sonho' - de origem portuguesa - por conta do açúcar fino e da canela em pó. A diferença está no recheio adicionado aos sonhos.

Nesta receita foi foi colocada a banana picada em cubinhos que deu um sabor ainda mais especial. Ficou uma delícia. Testei e aprovei.
Nesta semana, desejamos aos namorados e eternos enamorados "pitadas" exageradas de compreensão e "doses" especiais para uma receita de amor que perpasse muitas gerações.




 

 - 3 xícaras (chá) de farinha de trigo

- 3 ovos (inteiros)
- 4 ou 5 colheres (sopa) de açúcar
- 1 pitada de sal
- 1 colher (sopa) de fermento em pó
- 1/2 xícara de leite
- 2 bananas picadas em cubinhos

MODO DE PREPARO
Bata os ovos, coloque o açúcar, o leite, o sal, misture bem
Adicione a farinha de trigo e misture muito bem
Coloque o fermento e mexa levemente
Acrescente as bananas picadas cortadas em cubinhos
Para fritar, faça pequenos bolinhos com uma colher e frite no fogo baixo
Passe os bolinhos em uma mistura de açúcar com canela

Bom apetite!




Saúde e paz, amigos leitores. Retornaremos no próximo sábado, queira Deus!

 

Comentários


PERFIL

Beatriz Colombelli


Os caminhos foram muitos. De Telefonista/Recepcionista a Secretaria Executiva a Supervisora de Escola Infantil. Há dez anos é colunista da coluna 'Cultura Gaúcha', na Folha do Mate. Desde agosto de 2011, ocupa a função de revisora. No espaço do Cozinhando com a Folha, mais um desafio desde o ano passado.

BUSCA
CATEGORIAS
LINKS ÚTEIS
    ÚLTIMOS POSTS